Célula do PCP na TAP saúda luta dos trabalhadores contra o roubo nos salários

mini-tap20120127Os trabalhadores da TAP realizaram hoje uma importante jornada de luta contra o roubo dos seus salários, com a concentração que mobilizou cerca de mil trabalhadores esta tarde no Aeroporto de Lisboa. O PCP, solidário com a luta, apela à sua intensificação, destacando a importância de uma forte participação no plenário que a Comissão de Trabalhadores e os Sindicatos promovem no dia 3, e na Manifestação que a CGTP-IN promove no dia 11.    

Comissão de Trabalhadores da TAP denuncia perigos da privatização e apela à resistência

A Comissão de Trabalhadores da TAP divulgou um Comunicado onde denuncia os perigos para o país da privatização da TAP, sublinha os contributos da empresa para a economia nacional, e apela à resistência de toda a sociedade portuguesa a este crime contra o país!

 

Ler Comunicado em PDF

A luta e a CDU são a alternativa à privatização e destruição da TAP!

tap_cdu2011.jpg Perante o conluio da "troika" ocupante (FMI/UE) com a "troika" colaboracionista, e a inclusão da privatização (e consequente destruição) da TAP, a CDU reafirma que só resta um caminho: resistir a esta política! Essa resistência passa, desde já, pelo desenvolvimento da luta dos trabalhadores e do povo português. Mas passa igualmente pelas eleições de 5 de Junho - onde o voto deve ser uma arma para derrotar estas "troikas" e a política que se propõe prosseguir e intensificar.

Ler Comunicado em PDF

Contra a exploração: lutar contra a redução de tripulantes na TAP!

taptripulantes_2011m.jpgA tentativa de impor a redução de tripulantes na TAP é não só um comportamento ilegal da Administração e do Governo, como representa mais uma tentativa de incrementar a exploração dos trabalhadores, numa ofensiva global, onde o "acordo" de PS/PSD/CDS com a "troika" é mais um passo, e a privatização da TAP o próximo objectivo - um caminho que leva à destruição da TAP, e ao agravar da dependência externa. Só a luta pode derrotar esta tentiva, e o voto na CDU é também uma arma a que os trabalhadores devem recorrer.

 

Ler Comunicado em PDF

 

TAP: Contra a redução de tripulações, contra a privatização!

tapmar2011_t.jpg

Em comunicado aos Tripulantes de Cabine, a Célula do PCP na TAP alerta para a intenção manifestada pela administração de impor a redução de tripulações sem respeitar a contratação colectiva e sem qualquer processo de negociação com os Sindicatos. E apela aos tripulantes para se manterem atentos e responderem de imediato com a luta. No mesmo comunicado, o PCP sublinha que as contas da TAP recentemente divulgadas fornecem novos e bastos elementos contra a tentativa de privatização em curso.

Ler Comunicado em PDF

PCP apela à luta dos Tripulantes de Cabine: Contra a Exploração, em defesa da TAP!

tripulantes.jpgEm comunicado da Célula da TAP, em distribuição no Aeroporto, o PCP denuncia as últimas medidas impostas pelo Governo aos Tripulantes de Cabine, onde a par do roubo nos salários,  quer agora a realização do mesmo trabalho por menos trabalhadores, numa lógica alimentada pela decisão que PS e PSD tomaram de entregar a TAP ao grande capital, à custa do país e dos trabalhadores da Empresa. O PCP apela aos Tripulantes de Cabine para lutarem contra esta ofensiva, desde j+a mobilizando para a Manifestação de 19 de Março.

Ler Comunicado em PDF

PCP apela à resistência e luta contra o roubo de salários na TAP

tap2011fev.jpg A Célula do PCP no Grupo Tap apela à resistência activa e à luta dos trabalhadores contra o roubo nos salários que a empresa está a realizar, aplicando as orientações de PS e PSD sobre esta matéria. Um comunicado onde se sublinha que o importante não é saber como os trabalhadores da TAP vão ser roubados, mas ter claro que se trata dum roubo cujo produto será todo entregue aos grande capital financeiro.m comunicado onde se apela ainda à luta contra a privatização da empresa.

Ler Comunicado em PDF

Em defesa da TAP e da economia nacional, PCP questiona apoios às "low-costs"

Perante a vergonhosa presença do Governo na inauguração da base em Lisboa da Easyjet, o PCP questionou na Assembleia da República o montande dos apoios que estão a ser dados às operadoras estrangeiras de low-costs, numa política que o Governo português está a desenvolver subordinado às orientações de concentração monopolista emanadas de Bruxelas e que liquidarão a TAP a não ser invertidas.

Ver Requerimentos em PDF

Onda de assaltos aos trabalhadores atinge também o Grupo TAP! A luta é o caminho!

tap_out.jpgA célula do PCP na TAP/SPDH está a distribuir aos trabalhadores do Grupo TAP um comunicado sobre as consequências concretas das medidas do Orçamento de Estado. Um pacote, que servindo apenas os interesses dos bancos e restantes grupos económicos, significaria uma brutal regressão salarial para todos os trabalhadores do Grupo, entre 6 e 16%! Uma política que só será derrotada pela luta organizada dos trabalhadores portugueses, para o que é decisivo uma massiva adesão à greve geral no sector aéreo.

Ler comunicado em PDF

Célula do PCP na TAP/SPDH apela à presença na Manifestação de 29 de Setembro

tap29.jpg

A Célula do PCP na TAP/SPDH está a distribuir aos trabalhadores um apelo à forte participação nas Manifestações da CGTP-IN de 29 de Setembro, num comunicado onde sublinha o carácter central do reforço da luta organizada dos trabalhadores para para a ofensiva do grande capital contra os trabalhadores e para defender as próprias empresas, ameaçadas de destruição através da privatização.

Ler Comunicado em PDF

PCP: É preciso defender a TAP! A luta é o caminho!

tap2010agosto.jpgPerante as contas de 2009 da TAP, a Célula do PCP na Empresa sublinha o enorme contributo da TAP para a economia nacional, realidade que tem procurado esconder todos os interessados na sua privatização. Com as mesmas contas, ainda se exemplifica as consequências da política de concentração monopolista imposta pela UE sob o manto das políticas de financiamento. Uma realidade que, de acordo com o PCP, exige uma acção unida e determinada dos trabalhadores, na defesa da TAP e da economia nacional. 

Ler Comunicado em PDF

Célula do PCP na TAP: É preciso defender o sector da manutenção

tapmanutjul10.jpgEm comunicado aos trabalhadores da Empresa, a Célula do PCP na TAP denuncia a política de envio de aviões para realizar a manutenção no Brasil - expressamente apoiada pelo Governo - e aponta os perigos desta política para a Empresa e para a economia nacional, e apela à vigilância, unidade e luta dos trabalhadores, na defesa da Empresa e do futuro do nosso país:

Ler Comunicado em PDF

Também na TAP/SPDH é preciso mobilizar para a manifestação nacional de 29 de Maio

aeroporto29maio.jpgA Célula do PCP na TAP/SPDH está a distribuir aos trabalhadores um comunicado onde apela à participação na Manifestação Nacional da CGTP-IN. Um comunicado onde se sublinha que a política que PS e PSD estão a tentar impor ao país é uma política de desastre nacional.

Ler comunicado em PDF

Novo ataque aos direitos dos trabalhadores da TAP visa "facilitar" a sua privatização e liquidação

A Célula do PCP na TAP/SPDH contesta a decisão da Administração da Empresa (tutelado pelo Governo) de reduzir os instrumentos ao serviço da Comissão de Trabalhadores da empresa, realizada de forma arbitrária e ilegal, e cujo objectivo transparente é o de reduzir a capacidade de defesa dos trabalhadores perante a ofensiva em curso. Sem esquecer as responsabilidades de todos os que apoiaram o actual Código do Trabalho (nomeadamente da UGT e do PSD), à luz do qual este ataque se desenvolve, o PCP responsabiliza o PS e o seu Governo por mais esta medida anti-laboral, e nesse sentido dirigiu na Assembleia da República um requerimento ao Governo.

Ler Requerimento em PDF

Contas da TAP de 2009: Argumentos acrescidos contra a Privatização!

Sobre a apresentação das contas da TAP, ontem realizada, a Célula do PCP na TAP editou a nota de imprensa anexa, de onde destacamos o seguinte excerto: «Mas o que [estas contas] demonstra[m] inequivocamente é a validade dos argumentos do PCP contra a sua privatização. Demonstram que a TAP é um importante factor de criação de riqueza em Portugal, que com a privatização ficaria seriamente em risco. Demonstram que a TAP é um poderoso contribuinte líquido para o orçamento de Estado (somando os seus resultados com o conjunto da receita fiscal  gerada), cuja privatização agravaria todos os défices das contas públicas. Demonstram que a TAP é um poderoso contribuinte para o Emprego em Portugal (e para a Segurança Social), num momento em que o desemprego ultrapassa os 10%. Demonstram quão errada foi a opção de autonomizar e privatizar a SPDH, sector lucrativo e de reconhecida qualidade da TAP, cujos efeitos directos e indirectos da sua privatização e desprivatização forçada ainda se fazem sentir na TAP. Demonstra que o caminho de futuro para a TAP é o que a Célula do PCP tem apontado (corrigindo erros da actual gestão, reforçando o investimento na Manutenção, invertendo o processo liberalizador no handling, reforçando os direitos dos trabalhadores, etc) e não a cartilha neoliberal.»