Portway/Ryanair: Acordam desacordar, e os trabalhadores é que pagam!

20160321handlingA ruptura dos contratos entre a Portway e a Ryanair vai precipitar uma nova fase de desestabilização no sector do handling, com a ameaça de um despedimento colectivo a pender sobre a Portway e com a Ryanair a avançar para um falso self-handling, estimulada pela cumplicidade do Estado Português com as suas sucessivas ilegalidades. O PCP apela ao reforço da unidade e luta dos trabalhadores, e anúncia as medidas que entende que o Governo pode e deve tomar desde já.

Ler Comunicado em PDF