Contra o despedimento colectivo no Grupo Impala

impala

Face ao despedimento colectivo no Grupo Impala, o PCP: manifesta a sua solidariedade e apela aos jornalistas e a todos os trabalhadores atingidos por esta medida do grupo Impala para que se mobilizem e lutem em defesa dos seus postos de trabalho; reclama do Governo PSD/CDS medidas que impeçam o livre arbítrio do patronato neste sector, a adopção de políticas que valorizem o serviço público e combatam a concentração da propriedade dos órgãos de comunicação social ; e assume o compromisso de levar por diante as iniciativas que considere necessárias para denunciar e impedir a sua concretização, tendo já apresentado um requerimento ao Governo na Assembleia da República acerca desta matéria e solicitado a intervenção da Autoridade para as Condições de Trabalho.

Ler Nota de Imprensa em PDF