PCP apresenta moção e CM Sintra aprova: Pela contratação de educadores, professores e assistentes operacionais essenciais para o funcionamento da escola pública

 

trabalhadores nao docentesO PCP apresentou uma moção, que a Câmara Municipal de Sintra aprovou por unanimidade, em que insta o Governo a  rever, com carácter de urgência, de forma a que seja autorizada a contratação de um número de assistentes operacionais adequado às necessidades extraordinárias, decorrentes das medidas adicionais de Higiene e Segurança de cada escola. Assim como tambem insta a revisão que estabelece os rácios para a contratação de pessoal não docente, por forma a permitir o reforço, em pelo menos 20%, face ao número de trabalhadores previstos na actual portaria. O terceiro ponto aprovado na moção é a tomada, de medidas urgentes por parte do Governo, que visem a contratação dos educadores e os professores necessários para o normal funcionamento do ano lectivo.

Sobre o Plano de Recuperação e Resiliência

O PCP fez uma declaração política sobre o chamado « Plano de Recuperação e Resiliência» , segundo a informação do Governo, Portugal prepara-se para receber 13 mil milhões de euros para recuperar da crise, entre 2021 e 2026. A Área Metropolitana de Lisboa está a preparar candidaturas para aceder a esses fundos e por isso defendemos que Sintra prepare candidaturas de áreas que são claramente da responsabilidade da Administração Central. Não podemos ficar para trás e o município deve defender investimentos para o  concelho de Sintra

PCP questiona Governo sobre encerramento nocturno do serviço de ginecologia e obstetrícia do Hospital Amadora-Sintra

obstetriciaComo é público, foi tomada a decisão de encerrar, a partir de 21 de Setembro, o Serviço de Urgência de Ginecologia-Obstetrícia do  Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, EPE durante o período noturno. Uma decisão motivada, segundo comunicado, pela escassez de recursos humanos que possam assegurar um eficaz atendimento às grávidas".
Esta situação é tão mais grave quanto considerarmos que este Hospital serve dois dos maiores concelhos de Portugal, já estando subdimensionada, e que nele se realizam um elevado número de consultas e partos. Acresce que o encerramento deste serviço sobrecarrega ainda mais os serviços dos outros hospitais, como do Hospital de Santa Maria, da Maternidade Dr. Alfredo da Costa, do Hospital São Francisco Xavier e ainda do Hospital de Cascais, num contexto já de si difícil.Para o PCP, cada dia em que este serviço está encerrado representa um retrocesso na saúdematerno-infantil e uma grave afronta à saúde das mulheres servidas por este Hospital.

Ver pergunta em PDF

Hospital de Proximidade de Sintra – crónica de uma traição do Governo do PS

Declaração política de Pedro Ventura, Vereador do PCP na CM de Sintra

 

A Câmara Municipal de Sintra deliberou por maioria (votos favoráveis do PS, PSD e Independentes, e voto contra da CDU) aprovar o projecto de construção do Hospital de Proximidade de Sintra.
A CDU foi ao longo dos anos no concelho de Sintra a força política que mais se bateu, ao lado das populações, pela construção de um hospital público, denunciando os graves problemas que existiam, prosseguem e se agravam no Hospital Amadora-Sintra ou nos diversos centros de saúde do concelho que foram abandonados pela tutela.