PCP repudia despedimento de mais de 200 trabalhadores nas Lojas Francas

Nas Lojas Francas de Portugal, mais 201 trabalhadores  são lançados para o desemprego pela não renovação dos seus contratos de trabalho a termo incerto. A célula do PCP das Lojas Francas de Portugal no Aeroporto Humberto Delgado, rejeita e condena estes despedimentos selvagens.

Exige a imediata intervenção do Governo para proteger e defender o emprego e os salários, em particular dos trabalhadores com vínculos precários.

Ler aqui o comunicado

RyanAir: PCP solidário com a luta dos trabalhadores

ryanairsminimosEm Nota de Imprensa, o PCP contesta a marcação de serviços mínimos para a greve dos tripulantes da RyanAir. Estamos claramente perante um despacho ilegal, que «inova» perante despachos deste governo para greves similares e é mais um passo na escalada contra a greve que vem sendo percorrida. Uma delegação do PCP irá amanhã junto do piquete de greve expressar a solidariedade do PCP.

Ler Nota de Imprensa em PDF

Ryanair: Ilegalidades à descarada!

IMG-20180731-WA0000A Ryanair enviou uma carta (imagem) onde, descaradamente, assume violar a lei portuguesa, e ameaça os trabalhadores com diversas penalidades por terem aderido à greve do passado dia 25 e 26 de Julho. Já depois do PCP ter metido o requerimento que se anexa, a multinacional recuou parcial e atabalhoadamente, numa outra carta onde retira algumas das ameaças realizadas mas mantém as restantes. Uma situação que confirma o sentimento de impunidade com que a multinacional actua, fruto da passiva cumplicidade do governo.

Ler Requerimento em PDF

PCP com a luta dos trabalhadores da Ryanair

snpvac ryanairUma delegação do PCP esteve na Sede do SNPVAC com dirigentes e activistas do Sindicato (foto) no promeiro dia da grande greve realizada pelos trabalhadores tripulantes da Ryanair, aí expressando, de viva voz, a solidariedade do PCP com a sua luta. Bruno Dias, que integrou a delegação, encarregou-se depois de confrontar o Governo com a passividade que as autoridades portuguesas têm demonstrado perante as sistemáticas e flagrantes violações pela Ryanair da lei e dos direitos de trabalhadores e passageiros.

Ler Requerimento em PDF

PCP com trabalhadores da Prosegur no aeroporto em luta pelo direito à parentalidade

apa bd jul18Bruno Dias, deputado do PCP na Assembleia da República, esteve no dia 16 de Julho na entrada do Aeroporto de Lisboa, numa acção de contacto com trabalhadores Assistentes de Portos e Aeroportos, onde ouviu as suas preocupações, para que o PCP continue a intervir na sua defesa. Estes trabalhadores, contratados pela Prosegur, têm sofrido graves problemas, como repressão, serem reús num processo metido pela empresa para lhes negar os direitos de parentalidade, horários desumanos, falta de condições de trabalho ou o facto de não haver reconhecimento das especificidades das suas funções. Estiveram ainda presentes representantes do Sitava e da Fectrans.

Ler Requerimento sobre este assunto colocado na Assembleia da República

Exigindo Condições de Trabalho dignas para os APA-Aeroportos

capaapaEstá a ser distribuído no Aeroporto de Lisboa o Boletim dos trabalhadores Assistentes de Portos e Aeroportos. Um Boletim onde se denuncia a repressão que se abate sobre estes trabalhadores, a falta de condições de trabalho, a violação por parte das multinacionais das suas obrigações. Um Boletim onde se apela à organização e à luta.

Ler Boletim em PDF

Contra a exploração dos motoristas, PCP promove Audição e Acção Política

motoristaspesados 18O PCP está a distribuir aos motoristas de pesados - passageiros e mercadorias - um comunicado onde aborda duas questões essenciais: a Audição que vai realizar no próximo dia 22 de Maio sobre as alterações que estão a ser negociadas na Europa nas costas dos trabalhadores; as propostas do PCP de alteração à idade da reforma dos motoristas que foram discutidas e votadas na Assembleia da República.

Ler Comunicado em PDF

PCP avança com iniciativa legislativa para criar e valorizar a profissão de Técnico de Segurança da Aviação Civil

apa profcondO PCP entregou na Assembleia da República uma proposta de lei destinada à valorização profissional dos Assistentes de Portos e Aeroportos - Aeroportos. Uma proposta que aponta para a criação da profissão de Técnico de Segurança da Aciação Civil, para o reforço das medidas de protecção face às radiações ionizantes, para estabelecer condições de trabalho que salvaguardem a saúde destes trabalhadores.

Ler Projecto de Lei em PDF

Em defesa dos Assistentes de Portos e Aeroportos

req apasO Grupo Parlamentar do PCP colocou dois requerimentos na Assembleia da República relacionados com os Assistentes de Portos e Aeroportos. Um questionando o Governo sobre as condições de formação e certificação destes profissionais e um outro sobre a repressão de que estão a ser vítimas por parte da multinacional Prossegur.

Ler Requerimento sobre Repressão e sobre Formação em PDF

Também nas Lojas Francas a luta é o caminho!

lfp2018A Célula do Partido no Aeroporto de Lisboa está a distribuir um comunicado aos trabalhadores das Lojas Francas onde se alerta que a luta é o caminho para melhorar os salários e dignificar os horários.

Ler Comunicado em PDF

PCP com os trabalhadores da Ryanair: «Sois um exemplo que o próprio Estado deveria seguir»

20180329 ryanairNa passada 5ª Feira, o deputado do PCP Bruno Dias reuniu com os trabalhadores da Ryanair em greve, na sede do seu Sindicato (o SNPVAC). Uma reunião onde o PCP transmitiu o requerimento que havia colocado logo de manhã exigindo a intervenção da ACT (que veio a concretizar-se durante a tarde) face às grosseiras violações da lei da greve por parte da multinacional. Uma reunião (na foto) na qual o PCP saudou os tripulantes em luta, numa greve histórica por ser a primeira e pelo indice de adesão alcançado, e sublinhou o quanto seria importante que o próprio Estado português se libertasse da submissão às multinacionais, construindo um caminho de desenvolvimento nacional soberano e digno, e fazendo respeitar a Constituição e os direitos que ela consagra.

Ler Requerimento de 29/03 em PDF

PCP exige que Governo obrigue Ryanair a respeitar a lei!

req ryanairgreveRealiza-se hoje a primeira greve dos tripulantes portugueses da Ryanair. Exigem que a multinacional respeite os seus direitos e a legislação nacional. Enfrentam o assédio de um patronato que tudo e todos ameaça para manter os seus níveis de lucro, ameaçando não apenas os trabalhadores mas inclusive o próprio Estado português. O PCP confrontou na Assembleia da República o Governo com a sua cumplicidade com a multinacional exigindo-lhe uma outra postura.

Ler Comunicado em PDF

Falência da Monarch: PCP questiona sobre custos para Portugal

monarchO PCP questionou o Governo sobre o processo de insolvência da «low-cost» Monarch, sobre os prejuízos causados à economia nacional (fala-se de divídas de milhões às unidades hoteleiras) e aos passageiros, e sobre as medidas tomadas para defender passageiros e empresas e dos custos dessas medidas para o Estado. Tendo em conta os aspectos de fraude que o modelo «low-cost» incorpora, o PCP questiona ainda que medidas estão a ser ponderadas para evitar os custos de novas insolvências que se avizinham e para combater este modelo.

Ler Requerimento em PDF

PCP solidário com a luta dos Assistentes de Portos e Aeroportos

25062017greveapaO PCP esteve, este Domingo, na concentração realizada no Aeroporto de Lisboa no quadro da justa luta dos trabalhadores Assistentes de Portos e Aeroportos (foto). Na ocasião, o deputado Bruno Dias reiterou a critica aos serviços m+inimos ilegais uma vez mais colocados pelo Governo e sublinhou a justeza de uma luta que se dirige a melhorar as condições de trabalho destes trabalhadores, essenciais ao funcionamento dos Portos e Aeroportos, mas vítimas de uma sobre-exploração por parte das multinacionais a quem o Estado Português subcontratou estes servços. O PCPcomprometeu-se a, mais uma vez, levar esta justa luta à Assembleia da República,

Trabalhadores da Portway realizam greve e concentração no Aeroporto de Lisboa

mini-20141005 091214Os trabalhadores da Portway (empresa de handling da multinacional Vinci adquirida com a apropriação da ANA) realizaram hoje uma importante jornada de luta, com greve e  concentrações que registaram importantes níveis de adesão. O PCP esteve presente na Concentração do Aeroporto de Lisboa, onde saudou a justa luta dos trabalhadores - contra a discriminação salarial e pelo aumento de salários, em defesa da contratação colectiva e do respeito dos direitos, como as férias e a justa retribuição do trabalho suplementar. O deputado Bruno Dias assumiu o compromisso de levar as justas reivindicações dos trabalhadores à Assembleia da República.