Candidatura de João Ferreira na Ajuda

accaocampanha20210105A campanha de João Ferreira na freguesia da Ajuda contou hoje, 5 de Janeiro de 2021, com a participação da deputada do PCP ao Parlamento Europeu, Sandra Pereira. Os contactos com a população e comerciantes da Boa Hora e Rua da Praça permitiram apresentar algumas das linhas gerais desta campanha e apelar ao voto em João Ferreira nas Eleições Presidenciais do próximo dia 24 de Janeiro.

Assembleia de Freguesia de Santa Maria Maior

alfamaNo passado dia 29 de Dezembro de 2020 realizou-se a Assembleia de Freguesia de Santa Maria Maior.

A CDU apresentou 4 Moções:


- Pela construção de Habitação em Alfama - Aprovada por unanimidade


- Não ao encerramento da CGD em Alfama -  executivo da JF e o BE associaram-se- Aprovada com os votos (PCP/BE/PS) votos contra do PSD e a abstenção do CDS.


- Suplemento pelo trabalho em condições de penosidade e insalubridade para trabalhadores da JF – Aprovada com os votos (PCP/PS/BE/CDS) e abstenção do PSD


- Salvaguardar o funcionamento das escolas, garantindo protecção dos estudantes, dos professores e todos os profissionais da educação - Aprovada por Unanimidade


Os eleitos da CDU continuarão a intervir na defesa dos interesses daqueles que habitam e trabalham na freguesia de Santa Maria maior.

Palácio do Patriarcado transformado em projecto imobiliário de luxo

Edifício Campo Mártires da PátriaNa próxima reunião da Câmara Municipal de Lisboa,  de 21 de  Dezembro, a gestão PS vai colocar a votação uma proposta para aprovação do projecto de arquitectura para 3 edifícios no Campo dos Mártires da Pátria, que incluem o Palácio do Patriarcado de Lisboa e parte do Palácio Valmor do sec. XVIII.
 
Ambos integram a Carta Municipal do Património Edificado e Paisagístico de Lisboa do PDM cujo

Continuar...

Nos 59 anos do assassinato pela PIDE de José Dias Coelho

20201219 dias coelhoFaz hoje 59 anos que José Dias Coelho, funcionário clandestino do PCP, artista militante e militante comunista, foi assassinado pela PIDE na rua que hoje tem o seu nome, em Alcântara.

A Organização da Cidade de Lisboa do PCP realizou hoje uma sessão evocativa do 59º aniversário do assassinato pela PIDE de José Dias Coelho, na Biblioteca de Alcântara, que contou com a poesia dos Dois de Palavra e com a música de Rui Galveias e Sofia Lisboa. Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP, interveio na sessão recordando a vida de José Dias Coelho (https://www.pcp.pt/jose-dias-coelho-caiu-para-sempre-tecendo-armas-neste-combate-desigual-pela-liberdade-do-seu-povo)

No final, realizou-se um desfile pela Rua José Dias Coelho até à placa evocativa do assassinato, junto ao local onde o mesmo aconteceu, tendo sido depositada uma coroa de flores.

 "José Dias Coelho caiu para sempre tecendo armas neste combate desigual pela liberdade do seu povo, pela democracia, pelos ideais do socialismo. A vida de um revolucionário chegou ao fim, mas não a luta que ele honrou com o seu exemplo de firmeza serena, de convicções e de carácter que nós, com orgulho, queremos guardar para sempre como património da nossa luta colectiva por um Portugal mais livre, mais justo e mais solidário." (Jerónimo de Sousa, 19 de Dezembro de 2020)