Aprovada a moção do PCP que defende a regulamentação do suplemento de insalubridade, penosidade e risco

 

Edificio CMLNo decurso da difícil situação de pandemia que vivemos, ficou demonstrada a importância da atribuição do suplemento de insalubridade, penosidade e risco. Os trabalhadores da administração local, dos Municípios e das Freguesias, de diversos sectores, desde a proteção civil, à recolha de resíduos, aos serviços de água e saneamento até à limpeza urbana, entre outros serviços, desempenharam um papel essencial e são dos trabalhadores mais expostos

Continuar...

Edifício “Dispensário de Alcântara” - PS continua apostado na alienação do património público para alimentar a especulação

 
Dispensário de AlcântaraO edifício “Dispensário de Alcântara” foi classificado como Monumento de Interesse Municipal, em  2017, por deliberação unânime da Câmara Municipal de Lisboa após parecer da Divisão de Salvaguarda do Património Cultural, Pelouro da Cultura e da Direção Geral do Património Cultural.  O Dispensário de Alcântara foi inaugurado em 1893 e desde sempre foi um equipamento associado ao apoio a crianças.

Este edifício foi vendido em 2017 pela ESTAMO pelo valor de 3.270.000,00€ e foi aprovada hoje em reunião de CML uma proposta, com os votos

Continuar...

Assembleia de Freguesia de SMM de 29 Setembro

vista freguesia smmA CDU continuará atenta e a intervir em torno dos problemas que afectam a população e os trabalhadores da freguesia

No passado dia 29 realizou-se a AF de SMM.

Os eleitos da CDU na sequência de contactos realizados dirigiram perguntas ao executivo, relativas às escolas da freguesia:

- A Junta tem conhecimento das aglomerações ocorridas durante as manhãs, no horário de entrada na escola Básica Maria Barroso (os 1º, 2º, 3º e 4º Anos entram à mesma hora, às 9:15h)? Tenciona adoptar alguma acção a este respeito?
Resp:  A Junta tem conhecimento mas a definição de horários é uma responsabilidade da Direção da Escola. Não sendo uma competência da Junta, o executivo irá analisar a questão.

Continuar...

Aprovada a proposta do PCP na CML, que defende a concretização da regionalização

 

Edificio CMLOs vereadores do PCP apresentaram em reunião de Câmara uma moção a exigir do Governo que concretize a regionalização tal como está consagrada na Constituição da República Portuguesa, como medida inadiável e insubstituível, em prol das populações e dos territórios respetivos.

 

O chamado processo de “democratização” retomado pelo atual governo insere-se numa estratégia de que, ao longo dos anos, vários

Continuar...