Quarteirão da Suíça transformado num centro comercial

 

Quarteirão pastelaria suíça 2Na próxima 5f irá ser apreciado em reunião privada da Câmara Municipal de Lisboa o projecto de arquitectura para obra de alterações e ampliação do conhecido “quarteirão da Suiça”, localizado entre a Praça do Rossio e a Praça da Figueira.

O Rossio é uma das praças mais emblemáticas da cidade e da Baixa Pombalina e foi, desde sempre, palco de acontecimentos importantes e marcantes

na história de Lisboa.

A sua edificação remonta à década de 70 do século XVIII, sendo o quarteirão constituído inicialmente por 5 prédios individualizados que tiveram ao longo do tempo diversos usos: Francfort Hotel, Pensão Coimbra, restauração e comércio no piso térreo e habitação.

A proposta que agora se apresenta é a adaptação do quarteirão ao uso comercial na sua totalidade, mantendo a “Pérola do Rossio” que integra o programa “Lojas com História”.

O PCP considera que não é através de mega-empreendimentos comerciais que se revitaliza o centro histórico de Lisboa.

Os vereadores do PCP irão votar contra esta proposta, por considerarem que mais uma vez estamos a assistir a uma oportunidade perdida de dotar o centro da cidade de uma multifuncionalidade desejável que mantenha a cidade habitada e viva, preservando o património e a história da cidade. O PCP continuará a combater o caminho de descaracterização da cidade de Lisboa,  da venda do seu património a fundos estrangeiros, que especulam e contribuem para o encarecimento do custo de vida da cidade, caminho esse claramente incentivado pela gestão PS na CML.​