PCP questiona Governo sobre o corte de carreiras na Carris

A agravar o brutal aumento do preço dos transportes aplicado nas tarifas da Carris, surgem ameaças sobre a agudização da degradação do serviço prestado, nomeadamente através da suspensão, diminuição de frequência, encurtamento e supressão de carreiras. O PCP questionou na Assembleia da República o governo sobre esta realidade.

Ler requerimento em PDF

Célula do PCP na Carris edita o seu Boletim

carril2011jul.jpgEstá em distribuição o Boletim da Célula do PCP na Carris, o Carril. Nesta edição de Julho, destaque para as consequências para os trabalhadores do Acordo entre as Troikas materializado no programa de Governo, e o apelo à luta e resistência dos trabalhadores portugueses.  

Ler Boletim em PDF

Contra a repressão na Carris, PCP questiona o Governo na Assembleia

carris.gif O Grupo Parlamentar do PCP questionou o Minist+erio dos Transportes face ao comportamento da Administração da Carris, exigindo a imediata anulação da sanção disciplinar a um dirigente do STRUP na empresa, punido com 10 dias de suspensão sem vencimento por não utilizar gravata. O PCP exigiu ainda que toda a matéria relativa ao regulamento de fardamentos seja discutida com as ORT's, terminando com as imposições unilaterais que têm marcado o estilo desta administração-

Ler Requerimento em PDF

Agora CDU, também para os trabalhadores da carris

 carris2011cdu06-1.jpg

Em documento dirigido aos trabalhadores da Carris, a CDU chama a atenção para o perigo do voto útil referindo que "os três partidos da troika (PS, PSDe CDS) tentam fngir que são diferentes, repetindo o velho truque de tentar captar o voto para um suposto mal menor. Mas como a prática dos útimos anos demonstrou e o facto de os três já terem assinado o programa da troika prova, eles farão com os votos dos trabalhadores  rigorosamente o mesmo: prosseguir a política de roubo do povo e dos trabalhadores para encher os bolsos dos banqueiros e capitalistas.
Mas os trabalhdores não se podem deixar enganar! Eles (PS, PSD, CDS) já assinaram o MESMO programa de governo: o do BCE/FMI/UE!"
O mesmo documento apresenta uma extensa lista de trabalhadores da empresa que declaram o seu voto na CDU e apelam aos restantes trabalhadores a optarem no mesmo sentido

Ler Documento em PDF

Carris: O problema não são os trabalhadores mas a administração e as opções políticas de PS/PSD/CDS

carris_cdu2011.jpgFace às graves declarações do Presidente da Carris, a Célula do PCP responde-lhe em comunicado aos trabalhadores, sublinhando que ao contrário do que tal figurante afirma, a solução não passa por despedir os trabalhadores e entregar o transporte público à exploração privada, passa por colocar a gerir o Estado e as empresas públicas quem queira e saiba fazê-lo! 

Ler Comunicado em PDF

Na Carris, o apelo à resistência e à luta, também através do voto na CDU

carriscdu1.jpgEstá em distribuição na Carris um comunicado da célula do PCP apelando ao voto na CDU. Um documento onde se destaca que foram os deputados da CDU quem esteve - sempre - ao lado dos trabalhadores da Carris face às ofensivas do governo e da sua administração, e onde se sublinha o carácter dual da situação do país - uma crise provocada pelos capitalistas e seus representantes políticos (PS, PSD e CDS), mas cujos efeitos recaem sobre os trabalhadores e o povo, que são chamados a novos sacrifícios enquanto os especuladores continuam a engordar. Uma situação face à qual a CDU apela à resistência e à luta, e onde o voto na CDU surge como mais uma arma dos trabalhadores.

Ler Comunicado em PDF

Editado Boletim de Abril da Célula da Carris

carril_042011.jpgEstá em distribuição o Boletim de Abril da Célula da Carris. Em destaque, a resposta do PCP ao roubo que FMI e PS/PSD/CDS se preparam para intensificar, a situação na CarrisTur e questões concretas da vida dos trabalhadores da Empresa.

Ler Comunicado em PDF

9 de Fevereiro - Os trabalhadores da Carris e da Transtejo na luta contra o roubo nos salários!

carris_9fev_2011.jpgHoje foram os trabalhadores da Carris e da Transtejo que estiveram em luta no quadro da semana de luta dos transportes e comunicações contra o roubo nos salários. A Transtejo, com uma adesão superior a 90% e a paralisação do serviço nos dois períodos de greve, e a Carris com a realização de um conjunto de plenários com recolha, que provocou a recolha de cerca de 50% dos autocarros. Em ambas as empresas os trabalhadores aprovaram a  continuação da luta, e reafirmaram a exigência do cumprimento da contratação colectiva. Nas fotos, os plenários hoje realizados na Pontinha e Miraflores.

PCP na Carris edita Boletim: A luta deve intensificar-se!

carril2011jan.jpg

A Célula do PCP na Carris editou o seu Boletim de Janeiro onde realiza já uma avaliação das eleições presidenciais, mas onde essencialmente aborda a situação na empresa, a brutalidade do ataque do Governo aos salários dos trabalhadores, as mentiras do Conselho de Administração que tentam iludir dessa realidade, e a necessidade de uma forte e unida resposta dos trabalhadores já no dia 9 de Fevereiro na luta que está marcada para a Empresa.

Ler Boletim em PDF

Carris: Comunicado de Apresentação da Comissão de Apoio à candidatura de Francisco Lopes

carris_xico.jpg Constituida por 54 trabalhadores da Carris, muito deles das Organizações Representativas dos Trabalhadores, está no terreno a Comissão de Apoio na Carris à candidatura de Francisco Lopes à Presidência da República. No Comunicado de apresentação pode ler-se, como razão para o apoio a esta candiudatura ser esta: "Uma candidatura que faz parte de um caminho de luta e resistência; Uma candidatura que não se submete à ditadura dos “mercados”, e que por Portugal, por Abril, pelo Socialismo, só promete continuar a resistir e a lutar, pela mudança de rumo que os trabalhadores e o país exigem!"

 Ler Comunicado em PDF

Carris: Adesão de 90% na Rede das Madrugadas

mini-carriscaboruivo.jpgTambém na Carris, a adesão à greve foi geral, com 90% dos autocarros do serviço das madrugadas paralisados em adesão à luta. (Na foto, piquete de greve de Cabo Ruivo).

Carril: O Boletim da Célula do PCP na Carris está em distribuição!

carril_out10.jpgA Célula do PCP na Carris está a distribuir aos trabalhadores a edição de Outubro do seu Boletim "O Carril". Um documento onde se podem encontrar artigos sobre a situação na Empresa, quer no plano das violações da administração ao Acordo de Empresa, quer sobre a ofensiva em curso por via do OE2011. E onde o PCP reafirma a importância da luta organizada para enfrentar e derrotar esta ofensiva exploradora.

 

Ler Boletim em PDF

Jerónimo de Sousa na Carris transmite solidariedade do PCP com a luta

mini-carris_cabral_10.jpgJerónimo de Sousa realizou hoje uma visita à Carris (Pontinha), onde contactou com trabalhadores da empresa e reuniu com as Organizações Representativas dos Trabalhadores. Em nome do PCP transmitiu a total e activa solidariedade com a luta que estão a travar contra a repressão sindical e pelo direito à greve, e sublinhou a importância da luta pelo aumento dos salários, objectivo justo, necessário e alcançável, não apenas por razões de evidente justiça social, mas também por força da dinamização económica que é preciso concretizar no nosso país.

Ler Comunicado editado a apresentar as razões da visita

Jerónimo de Sousa na Carris no próximo dia 16 de Setembro

carriscomset.jpg

 

 A visita de Jerónimo de Sousa à Carris, no próximo dia 16 de Setembro, é a razão do comunicado que a Célula do PCP na Empresa está adistribuir aos trabalhadores. Por um lado, para alargar o conviteà participação na iniciativa. Mas principalmente, para dar conta das razões dessa visita, que se centra na expressão da solidariedade do PCP com a luta contra a repressão sindical e no sublinhar da confiança do PCP que na luta será possível impôr uma efectiva mudança de rumo em Portugal, uma ruptura com 34 anos de políticas de direito.

 

Ler Comunicado em PDF

ORT's da Carris entregam assinaturas ao Governo exigindo arquivamento dos processos disciplinares

mini-20100727carris.jpgUma delegação das ORT's da Carris, acompanhada de dirigentes sindicais da FECTRANS, entregou hoje um abaixo-assinado de 750 trabalhadores da Carris, exigindo o imediato arquivamento dos processos disciplinares que a Administração montou a 26 trabalhadores como mecanismo de repressão do direito à greve na Empresa.