António Costa e o PS na CML não resolvem o problema da avaria e manutenção dos semáforos em Lisboa

pcp, cml, assembleia municipal, pcp, semáforos, protestoO PCP apresentou, hoje, na Assembleia Municipal de Lisboa (AML) um protesto  contra a degradação progressiva dos semáforos e criticando a incapacidade e má prática na manutenção destes equipamentos.

Avançou-se, ainda, a proposta de colocação da gestão dos semáforos inteiramente sob alçada da Câmara Municipal de Lisboa e seus trabalhadores qualificados.

 

Na sequência da aprovação duma recomendação intitulada "Semáforos avariados em Lisboa", apresentada pelo Grupo Municipal do PCP no passado dia 26 de Novembro de 2013 em sessão da Assembleia Municipal de Lisboa, que obteve os votos contra do PS e os votos favoráveis de todos os outros partidos representados na AML, e considerando que, nessa Recomendação, se deliberou recomendar à CML que efectuasse as reparações com a celeridade que a situação exige, esperava-se uma resposta da CML, o que não aconteceu até ao momento.

 

A degradação progressiva dos semáforos, de forma generalizada por toda a cidade de Lisboa, com luzes que não funcionam, têm gerado dúvidas a quem circula, quer aos peões quer aos automobilistas, criando situações de risco de vida.

 

O PCP na AML apresentou hoje um protesto devido à falta de resposta da CML e devido ao facto do Presidente António Costa ter assumido, em reunião pública da CML, a incapacidade e a má prática da empresa responsável pela manutenção dos semáforos, tentando assim uma fuga às suas responsabilidades políticas neste processo, não tomando nenhuma atitude no sentido da resolução deste problema.

 

O PCP propõe ainda que a CML avalie as condições para que a CML passe a fazer directamente a instalação, manutenção e reparação dos semáforos da cidade, recorrendo ao conhecimento dos técnicos superiores e operários qualificados do seu mapa de pessoal.