Centenas de Apoiantes do Sector dos Transportes lançam apelo final ao voto em Francisco Lopes!

transporte_fl.jpgNum apelo final ao voto, centenas de apoiantes das empresas de transporte de Lisboa, muitos dos quais ligados às ORT's do sector, sublinham que: "Recusamos este Orçamento de Estado e a política de desastre nacional que PS e PSD nele impuseram! Não esquecemos o apoio de Cavaco Silva, Manuel Alegre e Fernando Nobre a este Roubo aos Trabalhadores e ao Povo! É preciso parar de encher os bolsos aos especuladores e aos parasitas, valorizar o Trabalho e os Trabalhadores, e colocar Portugal a Produzir! Vamos continuar a lutar! E no dia 23, estaremos ao lado de quem está ao nosso lado!"

 

Ler Comunicado em PDF

Utentes e Trabalhadores: Contra o aumento de preços, a redução de serviços e as privatizações!

utentes2011_fl.jpgEstá em distribuição um comunicado das Comissões de Utentes das Linhas de Sintra, Cascais e Azambuja, conjunto com a Comissão de Trabalhadores da CP e o SNTSF, onde se denuncia o brutal aumento de preços nos transportes, as decisões do Governo de reduzir a circulação ferroviária nas linhas suburbanas para permitir centenas de despedimentos, numa político cujo único objectivo é preparar as privatizações dos sectores lucrativos da CP à custa dos utentes e dos trabalhadores.

 

Ler Comunicado em PDF

Sector Aéreo: Comissão de Apoio a Francisco Lopes apela ao voto e à luta!

aereo_apoio.jpgSão 94 os trabalhadores do Sector Aéreo (de empresas como a TAP, a SPDH/Groundforce, a NAV e a ANA), muitos deles das Organizações Representativas dos Trabalhadores, que apelam ao voto em Francisco Lopes num comunicado em distribuição no Aeroporto de Lisboa. Um comunicado onde se aborda ainda a situação no sector, e onde se sublinha que só a candidatura de Francisco Lopes está ao lado dos trabalhadores, na luta contra a privatização, na defesa da contratação colectiva, na resistência ao ataque aos salários e ao emprego.

Ler Comunicado em PDF

Francisco Lopes com Comissões de Trabalhadores dos Transportes

flopes_metro.jpgPromovido pela Comissão de Apoio no Sector dos Transportes de Lisboa, realizou-se no dia 14 uma reunião entre Francisco Lopes e Comissões de Trabalhadores do Sector subordinada ao tema "O Presidente da República, a Constituição da República e o controlo de gestão no Sector Empresarial do Estado".

Trabalhadores dos Transportes e Comunicações reafirmam: a luta continua!

fectrnas20101512.jpgPromovido pela FECTRANS, realizou-se hoje uma concentração de activistas sindicais frente ao Ministério dos Transportes, onde foi entregue ao Governo uma Resolução onde, perante o prosseguir da brutal ofensiva contra os trabalhadores, se promete "Continuar a potenciar todas as formas de unidade na acção nas empresas dos sectores dos transportes e das comunicações, assumindo assim a luta como forma de atingir as reivindicações dos trabalhadores, desenvolvendo todas as acções, incluindo, na forma de greve, que se justifiquem face à brutal ofensiva com que os trabalhadores são confrontados diariamente."

Apoiantes nas Rodoviárias de Passageiros do Distrito Lisboa: Com Francisco Lopes, a luta continua!

presidenciais_apoiantes_rod.jpgReunindo 48 apoiantes trabalhadores das Rodoviárias de Passageiros do Distrito de Lisboa, a Comissão de Apoio à candidatura de Francisco Lopes à Presidência da República está a distribuir um comunicado nas empresas do Sector onde apela à continuação da resistência e da luta contra esta política de desastre nacional.  Um comunicado onde se pode ler "Francisco Lopes é o candidato presidencial do PCP, dos trabalhadores e do povo.  Francisco Lopes é o único candidato que não está comprometido com estas políticas de direita, é o único candidato que assegura uma ruptura tão necessária quanto essencial aos interesses nacionais. Francisco Lopes é o único candidato que irá cumprir e fazer cumprir a Constituição da República Portuguesa."

Ler Comunicado em PDF

Aeroportos: Massiva adesão à greve geral paralisa Aeroportos Nacionais

mini-tap.jpgFruto da adesão massiva dos trabalhadores à greve geral, os aeroportos nacionais estão encerrados, realizando-se apenas os voos previstos nos serviços mínimos (uma ligação aos Açores e outra à Madeira). A adesão é total - de 100& - na NAV no turno da noite. Na TAP e SPDH/Groundforce a adesão é igualmente esmagadora.

Em defesa dos postos de trabalho, dos direitos e da soberania nacional - Greve Geral no Sector Aéreo

 usar0.jpg
 Realizou-se hoje o plenário de trabalhadores do Grupo TAP (que inclui empresas como a TAP, a SPDH Grounforce e as Lojas Francas de Portugal). Os cerca de 900 trabalhadores presentes reafirmaram a sua adesão à Greve Geral de dia 24 de Novembro. Particularmente saudados na sua chegada ao Plenário foram os cerca de 200 trabalhadores da SPDH/Groundforce de Faro que se deslocaram a Lisboa hoje, tendo o plenário aprovado uma moção de solidariedade com a sua luta.

Mais de 400 membros das ORT's dos Transportes e Comunicações marcham até ao Ministério

 fectrans27out.jpg
Promovida pela FECTRANS, esta iniciativa contou ainda com a presença de outras estruturas sindicais e das Comissões de Trabalhadores do Sector. Uma acção que reforçou a unidade e determinação existente no sector para combater o brutal ataque em curso aos trabalhadores! Como se pode ler no Resolução aprovada "um forte apelo a TODOS os trabalhadores do sector para reforçarem a unidade na acção neste momento em que TODOS os trabalhadores estão a ser sujeitos à maior e brutal ofensiva desde o 25 de Abril de 1974 e que participem activamente na GREVE GERAL de 24 de Novembro, de uma forma activa e em defesa do seus direitos laborais e pelo direito a uma vida digna."
 

Aos trabalhadores das Rodoviárias de Passageiros: a luta é o caminho!

rod_out.jpg O PCP está a distribuir um comunicado aos trabalhadores das Rodoviárias de Passageiros sobre a actual situação do país. Nesse comunicado lembra a origem da actual situação, sublinha a essência de classe das medidas que estão a ser tomadas, e aponta as alternativas que existem para defender os interesses dos trabalhadores e do povo face à ofensiva dos exploradores e dos parasitas. Um comunicado onde o PCP destaca o papel insubstituível da luta organizada para conquistar a mudança de rumo que se impõe.

 Ler comunicado em PDF