O PCP questionou o Governo sobre a sistemática violação dos direitos das CT's da Carris e do Metro de Lisboa

mini-reestruturar carrismlO Metropolitano de Lisboa e a Carris estão a promover uma profunda e negativa reestruturação, onde se integra o processo de subconcessão da exploração comercial do Metro e dos autocarros, mas vai muito mais longe. Este processo de reestruturação está a ser conduzido violando os direitos das Comissões de Trabalhadores e afrontando a lei. O PCP questionou o Governo sobre a sua cumplicidade com este comportamento ilegal exigindo o  imediato respeito pela lei e pela Constituição.

Ler Requerimento em PDF

É preciso que o Governo pare de desestabilizar o Metro e a Carris!

metro carris 6maioEm comunicado aos trabalhadores da Carris e do Metropolitano de Lisboa, as células do partido nas duas empresas alertam para a necessidade de intensificar a luta contra o processo de destruição das empresas que o actual governo continua a impulsionar. No comunicado, aborda-se a questão da providência cautelar e do respectivo recurso, mas sublinha-se que é na luta de trabalhadores e utentes que reside a verdadeira força que pode travar o Governo e as suas intenções.

Ler comunicado em PDF

Uma grande marcha contra a privatização da Carris, do Metro, da Transtejo e da Soflusa

manif contraprivatizar22042015Uma grande marcha reuniiu hoje, entre trabalhadores, reformados e utentes, perto de dois mil contra a privatização da Carris, do Metro, da Soflusa e da Transtejo.. Uma marcha que contou ainda com a participação solidária de Vereadores da CDU do Barreiro, do Seixal, de Oeiras e de Lisboa, e da deputada do PCP Rita Rato.. Em continuar, publicamos o video com as declarações de Rita Rato, deputada do PCP.

 

Assembleia Municipal de Lisboa aprova Moção do PCP Contra a privatização da Carris e do Metro

220415marchaO PCP apresentou na Assembleia Municipal de Lisboa uma moção em defesa dos transportes públicos e contra a privatização da Carris, do Metro, da Transtejo e da Soflusa. A Moção foi aprovada com os votos dos eleitos pelo PCP, PEV, PS, BE, PAN e PNPN, e apela ainda à participação na Marcha contra a privatização marcada para o próximo dia 22 de Março.

Ler Moção em PDF

PCP interpela o Governo sobre a bandalheira legislativa com que tenta concretizar a privatização da Carris e do Metro

mini-metrocarris papsO PCP interpelou o Governo sobre a forma como está a ser conduzido o processo de privatização da Carris e do Metro. Como se não bastasse estarmos perante um processo criminoso e de um processo que contraria a vontade expresa de trabalhadores, utentes e autarquias da região, o Governo e o seu inenarrável Conselho de Administração estão à actuar completamente à margem da lei, criando Conselhos de Administração de empresas que não existem, reestruturando as que existem em violação dos decretos-lei que as criam e fugindo ao controlo de gestão que a Constituição coloca nas Comissões de Trabalhadores. É tal a bandalheira, e a pressa, que o PCP pergunta mesmo ao Governo se este se dá conta da diferença entre pensar um decreto-lei e aprovar um decreto-lei.

Ler Requerimento em PDF

PCP no Congresso da FECTRANS

mini-20150321 110130O PCP esteve presente, como convidado, no 3º Congresso da FECTRANS/CGTP-IN que decorreu so o lema «Nos locais de trabalho, mais intervenção e organização». Os mais de 100 delegados presentes, oriundos dos sindicatos unitários do sector dos transportes e comunicações, elegeram uma nova direcção e aprovaram um importante plano de acção.. 

Governo promove «destruição criativa» nos transportes públicos e entrega factura às autarquias

mini-IMG 9679O PCP realizou hoje uma audição sobre a proposta de regime jurídico dos transportes públicos. Presentes na iniciativa estiveram sindicatos diversos (CGTP-IN, FECTRANS, STRUP, SNTSF, STTM, SITRA, STAL), Comissões de Trabalhadores (Metro, EMEF), autarquias (AML, Cascais, Loures, Almada, Seixal, Matosinhos, Palmela) e Comissões de Utentes (MUSP, CULinha Sintra, CUT Almada). 

Ver Vídeo com Declaração do PCP

Cordão Humano nos Transportes exigiu discussão com a Assembleia da República sobre impacto desastroso das medidas do Governo para o Sector

ch20150319Um cordão humano integrado por diversos sindicatos e comissões de trabalhadores do sector dos transportes exigiu hoje à Assembleia da República ser ouvido sobre as desastrosas consequências para o sector e para o país do conjunto de privatizações, liberalizações e desregulamentações que o Governo está a impor ao país. O PCP saúda a unidade e a luta alcançada e apela ao seu desenvolvimento e ampliação.

Novo Regime Jurídico: Menos transportes e mais impostos!

mini-ppl287xiiO Governo enviou para a Assembleia da República uma proposta de lei para um novo Regime Jurídico dos Transportes Públicos de Passageiros. Uma proposta que avança com mais um criminoso processo de «destruição criativa», uma liberalização que implicaria a destruição de milhares de postos de trabalho, uma redução da oferta, um aumento de custos para os utentes e um sangrar de recursos públicos para os grupos monopolistas. Uma proposta que por isso mesmo transfere para as autarquias as despesas com o sistema de transportes públicos. No debate na Assembleia da República hoje realizado o PCP expressou a sua firme denúncia dos verdadeiros conteúdos desta proposta, ao mesmo tempo que anunciou a realização de uma Audição Pública para o próximo dia 20 de Março pelas 15h00.

Ler Intervenção do PCP em PDF 

PCP confronta Pires de Lima com a criminosa política para o sector dos transportes

O PCP confrontou o Governo com a sua criminosa política para o sector dos transportes. As intervenções de Bruno Dias hoje na Comissão de Economia.