Liberalização do Ensino da Condução: Utentes, Trabalhadores e MPME's são as vítimas de que se alimentam uns poucos!

mini-esconducaoO PCP reuniu com uma delegação do sector das escolas de condução, composta pela FECTRANS e um conjunto de MPME's do sector, numa reunião onde se avaliou os impactos profundos do  processo de liberalização do sector, impactos sobre os utentes (degradação do ensino, fraude), impacto sobre os trabalhadores (aumento da exploração e da precariedade), impacto sobre os MPME's (falências e concorrência desleal) e, acima de tudo, um impacto brutal sobre a segurança rodoviária. Na sequência da reunião, o PCP comprometeu-se a avançar com um conjunto de iniciativas, a primeira das quais o requerimento que aqui se anexa.

Ler Requerimento em PDF