Unidade e Luta: a resposta possível e necessária à ofensiva contra a contratação colectiva no SEE

mini-polvo ataque 2O Sector dos Transportes está a distribuir aos trabalhadores das respectivas empresas do SEE um quadro com o ponto da situação do ataque à contratação colectiva do SEE, descrevendo as múltiplas ofensivas lançadas pelo Governo para romper a contratação colectiva, intensificar a exploração dos trabalhadores do sector e facilitar os processos de entrega do remanescente do sector à parasitagem capitalista. O PCP, face à dimensão da ofensiva, coloca aos trabalhadores que só o reforça da sua unidade e da sua luta pode travar o Governo. (Para imprimir em A3)

Ler tabela em PDF