Revisão do Código de Trabalho e novos roubos nos salários: é preciso responder!

sectortransportes 6junCom o novo acordo UGT/Patrões/Governo, que permitiu uma nova proposta de revisão do Código de Trabalho, ficam ameaçadas de extinção praticamente todas as convenções colectivas do sector. Se a esta realidade somarmos o facto de o Governo estar a preparar-se para não pagar os salários nas empresas públicas sem os roubos já declarados inconstitucionais e, em vez disso, se preparar para aprovar novos roubos, temos desenhados os contornos de uma brutal ofensiva contra os trabalhadores do sector, que exige uma resposta urgente e à altura!

Ler Comunicado em PDF