PCP denuncia aos trabalhadores mais um assalto às empresas públicas pelo capital: a especulação com as swaps!

metro20121008Num momento em que aos trabalhadores continuam a ser impostos cada vez mais roubos, a Célula do PCP no Metropolitrano de Lisboa dá conta do Requerimento do PCP na Assembleia da República sobre as perdas de milhares de milhões de euros em pura especulação financeira nas empresas públicas com as «swaps», numa prática que só no primeiro semestre custou 176 milhões de euros ao Metropolitano de Lisboa. Para se perceber a dimensão do roubo, o total das despesas com pessoal no Metro (trabalhadores e administração, salários, horas extras, impostos, TSU, pensões e afins) no primeiro semestre foram de 34 milhões, menos de 20% do gasto em «swaps». Dinheiro que saiu do Metro mas foi direitinho para os especuladores financeiros internacionais!

Ler Comunicado do PCP