Utentes denunciam o roubo nos transportes, enquanto a polícia reprime as vítimas.

utentes_dec.jpgOs utentes dos transportes públicos realizam hoje uma acção de protesto contra o brutal aumento de preços. Nas acções realizadas em Queluz, São João do Estoril, Alhandra, Pontinha, Odivelas e Cais do Sodré, iniciou-se ainda a recolha de uma petição à Assembleia da República exigindo a alteração desta política de preços. Em Alhandra, onde os utentes realizaram um corte simbólico da linha (tal como em São João do Estoril e na 24 de Julho), a polícia reprimiu o protesto, tendo disparado um tiro para o ar e detido dois participantes. O PCP, solidário com a justa luta dos utentes, exige a libertação imediata do utente detido e o fim da repressão das acções de protesto. O PCP apela ao reforço da luta dos utentes contra o aumento de preços, parte integrante da luta contra o saque aos trabalhadores e ao povo que está a ser realizado pelo Grande Capital. A deputado do PCP na Assembleia da República, Rita Rato, encontra-se em Alhandra, com os utentes, exigindo a imediata libertação dos utentes detidos,

 

Ler Comunicado dos Utentes