Motoristas em luta contra simplificação do Governo que lhes complica a vida

65anosstopUm conjunto de dirigentes e delegados sindicais  rodoviários concentrou-se esta sexta frente ao Ministério das Infraestruturas, exigindo a revogação de um conjunto de normas do decreto-lei 40/2016, ãdoptadas em nome de uma simplificação administrativa do código da estrada, mas que permitiran o alargamento da atividade dos motoristas para além dos 65 anos. Para o PCP, por evidentes razões de segurança rodoviária e de respeito pela penosidade da profissão, deve assegurar-se a passagem à redorma, sem qualquer penalização, a todos os motoristas de pesados, devendo a legislação evoluir para uma progressiva diminuição dessa idade e nunca do seu alargamento. O PCP apresentou há um ano um pedido de apreciação parlamentar deste decreto-lei (ler aqui), cuja discussão ainda não foi sequer iniciada na Assembleia da República.