Bolseiros exigem novo estatuto

A Associação de Bolseiros de Investigação Cientifica (ABIC) promoveu, hoje, um manifestação em frente à Assembleia da República, apelando à alteração da actual situação dos bolseiros e reclamando um novo estatuto. André Levy, dirigente da ABIC, em declarações à «Comunic» explicou que neste momento é vedado aos bolseiros  o direito de serem considerados trabalhadores, não tendo acesso ao regime geral da Segurança Social e ao subsídio de desemprego.

Ler Mais

O caso da DANS: reflexo da política cultural do governo PS

arqueolog.jpgNo Centro Nacional de Arqueologia Náutica e Subaquática e na Divisão de Arqueologia Náutica e Subaquática trabalharam, desde 1996, cerca de 50 pessoas, 20 em permanência, a maior parte delas em situação precária, em regime de recebidos verdes. Estes trabalhadores asseguraram a fiscalização dos trabalhos arqueológicos, assim como garantiram a existência de um espaço único de investigação nesta área. Destes, mantêm-se 4, que já eram dos quadros da função pública, e ficaram apenas 2 dos trabalhadores avençados.

Continuar...

Sector Intelectual do PCP presta homenagem a João de Freitas Branco

mini-freitasbranco.jpgNo domingo, 28 de Fevereiro, a Sala dos Espelhos do Palácio Foz, em Lisboa, encheu-se para homenagear João de Freitas Branco, musicólogo, falecido há 20 anos. Além de prestigiado musicólogo e responsável pela renovação da programação do São Carlos, cuja direcção assumiu em 1970, foi um destacado anti-fascista e militante do PCP nos anos 40-50, como revelado no Caderno Vermelho nº 17, num texto da autoria do seu filho João Maria de Freitas Branco.

Continuar...

Contribuições para uma abordagem marxista da Ética, de Manuel Dias Duarte

Aceitando-se que a Ética é um produto da sociedade de classes, não havendo portanto princípios ou valores éticos eternos, uma questão se impõe: existirá uma ética marxista ou apenas uma abordagem marxista da Ética?

Um artigo de Manuel Dias Duarte publicado no site do Sector Intelectual da ORL (ver aqui)

PCP solidário com os trabalhadores da Motorpress


motorpress.jpgA notícia da intenção de despedimento colectivo de 28 trabalhadores da Motorpress Lisboa, apesar de esperada, não deixa de ser chocante. Este processo, que inclui o encerramento das publicações “Auto Magazine” e “Maxi Tunning”, começou, ainda este ano, com redução de trabalhadores e a tentativa de redução dos vencimentos em 10 por cento. O PCP solidariza-se com os trabalhadores da Motorpress, condena o processo de despedimento colectivo, e manifesta a sua disponibilidade para intervir ao seu lado na defesa do emprego com direitos e de uma informação livre, democrática e plural.

Continuar...

Contra o Despedimento Colectivo: Solidariedade com os trabalhadores do Grupo Media Capital

318.jpgA intenção de despedimento de onze trabalhadores da Media Capital Rádios constitui mais uma afronta aos profissionais da comunicação social. É um novo episódio na vaga de despedimentos, de aprofundamento da precariedade e da desregulamentação das relações laborais. É sintomático que, para além desta intenção de despedimento colectivo, tenham sido conhecidos outros processos com o mesmo intuito num conjunto de empresas, exactamente na semana seguinte ao último de três processos eleitorais.

É inadmissível que o grupo Media Capital, que entre os anos de 2004 e 2008 acumulou mais de 89 milhões de euros de lucros e só no 1º semestre de 2009 já arrecadou mais de 9 milhões - tenha a intenção de despedir.
 
O PCP apela à luta dos trabalhadores contra este despedimento, e expressa a sua activa solidariedade!

 

Continuar...

CDU debate realidade da comunicação social

debatecs.jpg

A CDU organizou quinta-feira um debate na Casa da Imprensa que reuniu mais de duas dezenas de pessoas. A iniciativa, subordinada à difícil realidade que se vive no sector, contou com a presença de Rosário Rato, vice-presidente do Sindicato dos Jornalistas, do jornalista Alferes Gonçalves e de Bruno Dias, deputado do PCP à Assembleia da República. Entre os temas debatidos, destacaram-se os despedimentos, a precariedade, o Estatuto do Jornalista, a concentração dos meios de comunicação e falta de democracia nos media. Também o trabalho realizado pela CDU e as propostas para a área da comunicação social.

Manifesto: Pela Cultura, Liberdade, Transformação e Emancipação Votamos CDU!

culturacafeconcerto.jpg

É necessário e urgente romper com a política de desresponsabilização e asfixia financeira, de esvaziamento e secundarização da cultura. No quadro da luta por uma democracia avançada, a luta e a construção de uma democracia cultural é função e factor das vertentes política, económica e social da democracia.

Continuar...

Professores Comunistas apelam ao voto na CDU

pelaeducacao.jpg

A Organização dos Professores Comunistas está a distribuir o seu Boletim "Pela Educação nº 26", um número especial dedicado às eleições legislativas, e que sublinha a importância dos professores votarem CDU, e onde se sublinha que "Tempo de Eleições é tempo de avaliações e Perspectivas".

Ler Boletim em PDF

Sector Intelectual da ORL do PCP apresenta 6 Orientações e 10 Medidas Prioritárias pela Cultura

manifestocultura.jpgÉ necessário e urgente romper com a política de desresponsabilização e asfixia financeira, de esvaziamento e secundarização da cultura. No quadro da luta por uma democracia avançada, a luta e a construção de uma democracia cultural é função e factor das vertentes política, económica  e social da democracia. No quadro destas orientações fundamentais e tendo em conta os aspectos fundamentais da política seguida pelo Governo Sócrates que é essencial corrigir e inverter nos escritores, artistas e demais trabalhadores da cultura subscrevemos o programa da CDU para a cultura na convicção de que o processo na sua implantação será sempre realizado de forma não burocrática e participada.
 

Subcategorias