PCP confronta Governo com gravíssimo teor de Comunicação da Comissão Europeia

navgreveceuunicoNa sequência de uma reunião realizada com as ORT da NAV, o Grupo Parlamentar do PCP confrontou o Governo com o gravíssimo conteúdo da Comunicação da Comissão Europeia sobre «Práticas favorecendo a continuidade do funcionamento dos serviços de tráfego aéreo», que mais não é que um ataque ilegal contra o direito à greve, a reboque das reivindicações das patronais do sector, e uma nova tentativa de retirar aos Estados-Membro a soberania sobre o controlo do seu espaço aéreo. O PCP exigiu do governo uma reação imediata e clara.

Ler Requerimento em PDF

PCP visita oficina da EMEF em Santa Apolónia

emef sapol20170619O SNTSF e a CT da EMEF convidaram todos os grupos parlamentares a uma visita às oficinas da EMEF. Em Lisboa, essa visita foi à oficina de Santa Apolónia, onde esteve presente a deputada Rita Rato do PCP (foto), não tendo qualquer outro partido aceite o convite. O PCP aproveitou a ocasião para reafirmar a sua oposição à separação da EMEF em duas empresas, e a sua exigência da integração imediata na EMEF dos trabalhadores alugados às ETT.

PCP contacta trabalhadores da ex-CP Carga e confronta Governo

No dia 12, o PCP contactou directamente os trabalhadores da Medway (ex-CP Carga) na sede da Av. da República. Na sequência desse contacto, o PCP confrontou o Governo com a tentativa de imposição de contratos de cessação aos trabalhadores, exigindo que o Governo intervenha quer fazendo valer os direitos dos trabalhadores e das suas ORT, quer impondo à multinacional as obrigações assumidas no momento da privatização.

Ler Requerimento em PDF

Comboios parados, trabalhadores desempregados, utentes desesperados: é tempo de romper com este caminho!

cpmanutencaoO PCP questionou o Governo sobre a situação na frota da CP Lisboa, com 8 comboios parados a degradarem-se num quadro em que faltam composições ao serviço e quando o país tem uma elevada taxa de desemprego e o Estado se recusa a contratar os trabalhadores necessários para esta e outras necessidades do país. Aos que fogem à solução dos problemas do país com a frase «e o dinheiro?», salientamos que o problema não é ele ser pouco, é estar a ser desviado, aos milhares de milhões para PPP, CMEC, SWAPS e outras coisas criptícas que escondem a transferência para o grande capital de recursos públicos.

Ler Requerimento em PDF

Carris: Onde cresce a distância entre as palavras da CML e os seus actos

20170601carrisForam votados em reunião de Cãmara um conjunto de intrumentos de gestão da Carris: Plano de Actividades e Orçamento, Linhas Estratégicas e Contrato de Concessão à Carris. O PCP apresentou nas reuniões um conjunto de propostas em defesa dos utentes e dos trabalhadores, prontamente chumbadas pelo PS. Em comunicado aos trabalhadores o PCP informa dessas propostas e alerta para a diferença entre o que a CML vai dizendo e aquilo que vai fazendo, e para os perigos de muitas das suas decisões.

Ler Comunicado em PDF

Carris e ML resistem a pagar dívida de 2011 aos seus trabalhadores

quadrad carrismlOs trabalhadores da Carris e do Metropolitano viram os tribunais dar-lhes razão sobre uma dívida de 2011 das empresas para com eles. Mas em vez de proceder ao pagamento da dívida, as empresas continuam a adiar o problema, seguindo uma litigância que alimenta gabinetes de advogados, entope tribunais e prejudica os trabalhadores. O PCP questionou o governo sobre a utilização destas tácticas nas empresas públicas, apelando ao respeito pelos direitos dos trabalhadores.

Ler requerimento em PDF

Por um Sector Ferroviário forte ao serviço do povo e do país!

20170527 rnqf 4Realizou-se no Entroncamente a Reunião Nacional de Quadros Ferroviários do PCP, com o lema «Com os Trabalhadores, um Sector Ferroviário Forte ao serviço do Povo e do País». Um Encontro onde se abordou o processo de pulverização do Sector Ferroviário Nacional pelos sucessivos Governos PS/PSD/CDS, onde se valorizou a resistência e a luta dos ferroviários, onde se sublinhou o papel do sector ferroviário no desenvolvimento do país, onde se apontaram as linhas de ruptura com a actual política indispensáveis para tal possa acontecer. Um Encontro onde se destacou a importância da organização dos ferroviários, e a necessidade de reforçar a sua mais antiga e importante organização: as células do PCP!

Ler Documento de Trabalho em PDF

CDU leva «Soluções para o Metropolitano de Lisboa» a reunião com a sua Administração

metro220517Uma delegação da CDU reuniu hoje com o Presidente da Administração do Metropolitano de Lisboa. A delegação era composta por Amável Alves, candidato a Presidente da CM Amadora, João Ferreira, candidato a Presidente da CM Lisboa, Paínho Ferreira, candidato a Presidente da CM Odivelas) e Paulo Piteira, candidato à CM Loures. O documento entregue apresenta as soluções da CDU para o Metropolitano, tendo ainda a CDU exigido um conjunto de esclarecimentos. Desta reunião será editada brevemente uma informação à população.

Ler «Soluções CDU para o Metropolitano» em PDF

Em defesa do Sector Empresarial Público!

Uma petição da FECTRANS com mais de 5000 assinaturas, entrada à cerca de um ano, pedindo a revogação do Decreto-Lei 133/13, foi agora discutida na Assembleia da República. Entretanto, fruto da luta dos trabalhadores e da acção do PCP, a norma imperativa sobre a contratação colectiva já foi revogada aquando da votação do Orçamento de Estado. O PCP apresentou uma proposta de lei para revogar outros aspectos gravosos da lei, proposta que pode ler aqui em PDF.

Expansão do Metropolitano: PCP leva auscultações à Assembleia da República

metroouvirNa Comunicação Social, PS/PSD/CDS competem na habitual guerra: ver quem mais Estações de Metro promete para disfarçar as maldades que fazem ao sistema de transportes públicos. Uma das questões que o PCP criticou no plano de expansão que o governo «anunciou» foi o facto de,ilegalmente, não ter ouvido as autarquias da região, a AML e os trabalhadores da empresa. Essas Audições vão agora decorrer na Assembleia da República por proposta do PCP.

Ler Requerimento em PDF