Trabalhadores da Axa Seguros Portugal denunciam despedimento colectivo ilegal

O SINAPSA promoveu no passado dia 10 de Abril, uma manifestação de solidariedade para com os 67 trabalhadores da AXA Seguros, abrangidos por um despedimento colectivo, que considera ilegal. Muitas dezenas de trabalhadores da Axa Seguros Portugal reclamaram a anulação deste processo nas concentrações no Porto e em Lisboa. Em comunicado, o SINAPSA afirma que "A luta continua até que este processo (ilegal) de despedimento colectivo seja pura e simplesmente cancelado pela Axa Seguros Portugal e em que seja assegurado aos trabalhadores visados o seu regresso aos estabelecimentos ou locais de trabalho que foram ilegalmente encerrados pela Administração da seguradora".