É urgente defender os direitos e postos de trabalho nos Seguros

O Sector dos Seguros da ORL do PCP na edição Janeiro-Março do seu Boletim Informativo denuncia aos trabalhadores o ataque coordenado que os "Conselhos de Administração das Companhias e a Associação Portuguesa de Seguradores, com a cumplicidade do Governo PSD/CDS-PP" têm desenvolvido, procurando "retirar muitos dos direitos que os trabalhadores conquistaram com a sua luta colectiva", afirmando que é "tempo de lutar, de dizer Basta!". No documento é ainda abordada a fraude da regulação e supervisão, evocada o histórico plenário de mais de 3 000 trabalhadores na Voz do Operário em 1970 e apresentada, em linhas gerais, as propostas do PCP para uma política alternativa, patriótica de esquerda. Ler documento em PDF