82% dos Enfermeiros do Centro Hospitalar Lisboa Central em greve contra uma dramática realidade

Os enfermeiros do Centro Hospitalar de Lisboa Central (no São José, Capuchos, Dona Estefânia, Curry Cabral e maternidade Alfredo da Costa) estão em greve esta terça-feira, em luta contra a carência de enfermeiros que descrevem como "dramática realidade", aliada à desmotivação crescente nestes profissionais "decorrente da desvalorização prossional, salarial e da diminuição das condições de trabalho". Ler comunicado do SEP

Segundo a União de Sindicatos de Lisboa / CGTP-IN, a meio da tarde de hoje, a "adesão à greve foi significativa, no Hospital da Estefânia a adesão foi de 82 %, na Maternidade Alfredo da Costa de 79 %, no Curry Cabral aderiram 86 % dos enfermeiros, no Hospital de Santa Marta 79 %, no Hospital dos Capuchos 92 % e por fim no Hospital de São José 82 % dos profissionais aderiram à greve. Foi também à porta deste hospital que centenas de enfermeiros se concentraram, denunciando a política desastrosa do Governo PSD/CDS também no que toca à saúde. Exigindo mais enfermeiros e melhores condições de trabalho. A Saúde é um direito, não pode ser um negócio!".