Trabalhadores das carreiras dos serviços gerais da saúde em Luta!

20090522fp.jpgRealizou-se ontem um Plenário de Dirigentes e Delegados Sindicais junto ao Ministério da Saúde, onde foram entregues milhares de assinaturas á  Ministra da Saúde, de um abaixo-assinado dos trabalhadores da Saúde e aprovada uma MOÇÃO, cujo traços essenciais podes ler em "Ler Mais".
"A Legislação da Administração Pública imposta pelo governo PS/Sócrates não veio resolver, bem pelo contrário, agravou a situação profissional dos trabalhadores das carreiras dos serviços gerais da saúde que desempenham um papel essencial na prestação de cuidados de saúde à população.
 
Os trabalhadores dos serviços gerais da saúde viram contrariados as suas expectativas de muitos anos de terem enquadramento de carreiras condicente com a elevada exigência funcional, os requisitos técnicos e de formação necessários à sua prestação profissional.
 
As carreiras dos serviços gerais da saúde são, das carreiras que mais contribuiram para a melhoria da prestação e humanização dos cuidados de saúde no nosso país.
 
Também os trabalhadores com Contrato Individual de Trabalho nos Hospitais EPE, reivindicam a conclusão da negociação do seu Acordo Colectivo de Trabalho, que estava prestes a terminar e foi interrompida, de forma unilateral, pelo governo. desde então os vários pedidos de reunião à tutela acerca desta matéria, ficaram sem resposta.
 
Também estes trabalhadores sofrem, há anos, as consequências das indefinições das suas condições de trabalho, com pesada carga horária, sem quaisquer perspectivas de progressão salarial e profissional na carreira.
 
A dignificação dos trabalhadores da saúde é essencial na definição de qualquer política de saúde orientada para servir a população e não é compatível com uma politica e um governo que, "mais Ministra, menos Ministro" demonstra desprezo pelo seu trabalho, tentando ignorá-lo."