PCP exige intervenção da ACT contra a repressão na Vimeca e Scotturb

O PCP questionou o Governo  na Assembleia da República sobre as medidas que a ACT deveria estar a tomar contra a repressão à liberdade sindical nas empresas Vimeca e Scottturb. 

Ler Requerimento em PDF

Deputados do PCP exigem intervenção da ACT face à repressão na Scotturb

O PCP interveio na Assembleia da República exigindo do Governo uma intervenção exemplar da ACT face ao despedimento, pela Scotturb, de um trabalhador, activista sindical, vítima de um processo ilegal e assente em falsas acusações.

Ver Requerimento em PDF

Scotturb inicia greve de 48 horas com adesão de 70%! Assim se responde à repressão!

mini-20121204 scotturbNa madrugada de hoje os trabalhadores da Scotturb iniciaram uma greve de 48 horas em defesa da contratação colectiva, contra o roubo nos seus salários e contra a repressão na empresa. A adesão só não é total devido à particular fragilidade dos trabalhadores que estão a contrato, mas situa-se muito acima dos 70%. Esta manhã realizou-se ainda um plenário com Arménio Carlos, e uma concentração frente à Câmara Municipal de Sintra. O Vereador do PCP, Pedro Ventura, esteve activamente solidário com a luta em todas estas iniciativas.

Contra a repressão na Scotturb, cresce a solidariedade de classe!

mini-20121203scotturbEsta segunda-feira, numa iniciativa promovida pela USL e pelo STRUP, realizou-se uma concentração de protesto contra a repressão na Scotturb e exigindo a imediata integração do trabalhador ilegalmente despedido na sequência da greve de 3 de Outubro. Uma delegação deslocou-se ao Hotel Fénix para tentar uma reunião com o accionista comum, Jacob Barata. O deputado Miguel Tiago prestou na iniciativa a activa solidariedade do PCP, e, face ao avolumar das ilegalidades, assumiu o compromisso de apresentar um novo requerimento ao Governo exigindo uma mais eficaz intervenção da ACT.

PCP leva à Assembleia da República os direitos dos trabalhadores da Rodoviária de Lisboa

mini-20120917 rlNa sequência de uma reunião com a estrutura sindical do STRUP na Rodoviária de Lisboa, o PCP entregou na Assembleia da República um requerimento onde questiona o Governo sobre as tropelias aos direitos dos trabalhadores e dos utentes desta empresa do grupo Barraqueiro.

Ler o Requerimento em PDF

PCP exige que o Governo cumpra a lei e actue contra a repressão na Barraqueiro

mini-barraqueiroO Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República interpelou o Governo sobre a repressão na empresa Barraqueiro Transportes aos trabalhadores que participaram na greve de 26 de Outubro, exigindo que este faça cumprir a lei:

Ler Requerimento em PDF

Trabalhadores da Scotturb vencem repressão policial e constroem grande greve

mini-scotturb20121031Os trabalhadores da Scotturb estão a realizar hoje uma grande jornada de luta com uma greve que supera os 85% de adesão. Os trabalhadores tiveram ainda de vencer a repressão policial que, mais uma vez, se colocou às ordens do patrão e levou para a empresa umas largas dezenas de tropa que carregou brutalmente sobre o piquete de greve. Mas nem as ameaças do patrão, nem a violência da GNR venceram os trabalhadores. O PCP, solidário com a justa luta dos trabalhadores, confrontou no local a GNR e vai levar esta questão à Assembleia da República e às Câmaras Municipais de Cascais e Sintra.

PCP exige esclarecimentos sobre a repressão policial na Vimeca e apela ao desenvolvimento da luta

mini-gg14NO PCP questionou na Assembleia da República o Ministro da Administração Interna sobre o comportamento ilegal da polícia quando interveio para impedir um plenário de trabalhadores da empresa, num requerimento que pode ler aqui. Também nas Câmaras Municipais de Oeiras e Amadora esta mesma questão foi levantada.

Já em comunicado aos trabalhadores o PCP apela ao desenvolvimento da luta na empresa, nomeadamente através da participação massiva na greve geral de 14 de Novembro.

Ler Comunicado em PDF 

No Grupo Barraqueiro, a greve geral de 14 de Novembro vale por duas!

mini-gggeral1Em comunicado aos trabalhadores das Rodoviárias de Passageiros do Grupo Barraqueiro, o PCP sublinha a importância da greve geral de 14 de Novembro, uma luta dentro da empresa pelo caderno reivindicativo concreto e pela recusa dos roubos praticados no Grupo na sequência da entrada em vigor do Código de Trabalho, e uma luta contra o Orçamento de Estado e os roubos que este Governo pretende impôr já em 2013 a todos os trabalhadores.

Ler Comunicado em PDF

Polícia colocada ao serviço do patrão da Vimeca para reprimir plenário sindical

mini-vimeca plenarioNuma inadmissível inversão das suas competências, a polícia foi usada pelo patrão da Vimeca para impedir esta noite um plenário de trabalhadores que para o local estava marcado pela CGTP-IN. Os eleitos autárquicos da CDU da Amadora e Oeiras, chamados pelos trabalhadores, exigiram no local a aplicação da lei, e comprometeram-se a levar aos respectivos órgãos autárquicos a exigência do cabal apuramento de responsabilidades por este comportamento policial.