PCP festeja o seu 89º Aniversário

No passado domingo, dia 7 de Março, a Comissão Concelhia de Vila Franca de Xira promoveu um almoço comemorativo do 89º aniversário do Partido Comunista Português. Esta iniciativa onde estiveram presentes mais de 250 militantes e amigos na UDCA, em A-dos-Loucos, contou ainda com a participação de Francisco Lopes, membro da Comissão Política e do Secretariado do Comité Central do PCP.

PCP promoveu debate sobre questões do emprego em Vialonga

Sábado, dia 27 de Fevereiro, a Organização Concelhia de Vila Franca de Xira do PCP promoveu um debate público em Vialonga, subordinado ao tema "Porque não pára de aumentar o desemprego em Portugal?". Uma iniciativa que contou com a participação de Rita Rato, deputada do PCP na Assembleia da República.

Empresas de VF Xira: É urgente uma mudança de políticas!

O Sector de Empresas de Vila Franca de Xira no seu boletim informativo de Fevereiro/Março de 2010 denuncia a grave situação económica e social no concelho. São vários os casos apresentados em que fruto das políticas de direita conduzidas pelo Governo PS, os trabalhadores são "lançados" para o desemprego, têm salários em atraso ou são alvos de pressões  injustificáveis.

Trabalhadores da JF de Alverca em luta

No passado dia 11 de Fevereiro, os trabalhadores da Junta de Freguesia de Alverca reuniram-se em Plenário e decidiram concentrar-se à porta da Junta de Freguesia de Alverca, em protesto por "melhores condições de higiene e segurança no seu local de trabalho, bem como pela aplicação igualitária da opção gestionária a todos os trabalhadores que reúnam as condições necessárias para tal, vendo assim reconhecido o seu empenho e dedicação pelo serviço que prestam em prol da população de Alverca e por conseguinte da causa pública.", como se pode ler no comunicado da Direcção Regional do STAL, que saúda os trabalhadores que participaram nesta acção de luta.

Encontro entre Jerónimo de Sousa e Pequenos e Médios Empresários do concelho de VF de Xira

Realizou-se no dia 17 de Janeiro, na Granja em Vialonga, um almoço entre micro, pequenos e médios empresários que contou com a participação de Jerónimo de Sousa, Secretário Geral do PCP. Após o almoço Jerónimo de Sousa sublinhou que o CDS, o PSD e o PS nunca denunciam as práticas dos grandes interesses por serem os seus servidores e, «como não conseguem pôr o sol na eira e chuva no nabal, optam pelo silêncio em relação aos grandes enquanto multiplicam as juras de amor às MPME’s»

Na Póvoa de Santa Iria, propostas para uma melhor qualidade de vida

No seu boletim informativo de Janeiro, os eleitos da CDU na Assembleia de Freguesia da Póvoa de Santa Iria,  apresentam a sua posição relativamente às propostas votadas na última Assembleia de Freguesia, nomeadamente a Tabela de Taxas e Licenças e o Orçamento da Junta para 2010. E relembram que "Sempre em defesa dos legítimos interesses da Póvoa e dos povoenses, a CDU entregou [...] um conjunto de propostas que se espera tenham o devido encaminhamento pela Junta de Freguesia."

Castanheira do Ribatejo : Câmara PS com promessas e compromissos por cumprir

No seu último boletim informativo de 2009, a Comissão de Freguesia da Castanheira do Ribatejo do PCP denuncia que "no frenesim das campanhas eleitorais para as eleições legislativas e autárquicas, a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, através da sua Presidente, fez um conjunto de promessas e assumiu uma série de compromissos nas diversas visitas que promoveu à freguesia da Castanheira do Ribatejo", mas que "analisando caso a caso fácil é concluir que das promessas feitas e dos compromissos assumidos pouca coisa foi concretizada, excepção feita ao início da construção do novo quartel dos Bombeiros Voluntários."

Editado Boletim de Dezembro do Sector de Empresas de Vila Franca de Xira

O Boletim do Sector de Empresas de Vila Franca de Xira deste mês de Dezembro, que abre com o ilustrativo parágrafo que reproduzimos: "A destruição do aparelho produtivo nacional, os baixos salários e pensões, o desemprego e a precariedade são a face bem visível de trinta anos de políticas de direita, com PS, PSD, com ou sem CDS-PP. Para PS, PSD e CDS-PP, a crise resolve-se baixando salários, retirando direitos, atribuindo milhões e milhões à banca e protegendo os grandes grupos económicos."