Viva o 25 de Abril, Viva o 1º de Maio

Quando se aproxima o 35º aniversário do 25 de Abril, recordamos a moção apresentada pela bancada da CDU na última Assembleia Municipal de dia 2 de Abril.

 

"SAUDACÃO AO 25 DE ABRIL E AO 1º DE MAIO


Há 35 anos a Revolução de Abril pôs fim à ditadura fascista e à guerra colonial, restituiu a liberdade aos portugueses, consagrou direitos essenciais dos trabalhadores e dos cidadãos, promoveu mudanças positivas nos valores e mentalidades, impulsionou transformações económicas e sociais progressistas, abriu caminho à construção de um Portugal democrático.

Há 35 anos, finalmente, o povo português pode comemorar o 1º de Maio em Liberdade.

As consequências decorrentes das politicas de direita sucessivamente levadas a cabo pelos Governos do nosso país; o profundo ataque contra os direitos dos trabalhadores, designadamente na alteração gravosa do Código de Trabalho e da legislação laboral da Administração Pública; o aumento assustador do desemprego; o actual contexto económico e social do país, em que os trabalhadores e a esmagadora maioria da população portuguesa têm maiores dificuldades financeiras e piores condições de vida; o escandaloso aproveitamento da crise por parte daqueles que sempre têm explorado os que menos têm – dão às comemorações do 25 de Abril e do 1º de Maio um sentido ainda mais vivo.

Ontem como hoje, a intervenção e a luta dos trabalhadores são determinantes para assegurar a defesa dos princípios e valores de Abril enquanto fonte de progresso social, a par da exigência de respostas efectivas nos planos laboral, social económico e político que possibilitem uma efectiva mudança de rumo, que privilegiem a dimensão humana como factor do progresso, promovam uma mais justa repartição da riqueza, promovam o emprego com direitos, respeitem e dignifiquem quem trabalha, recentrem o papel do Estado e das políticas sociais, melhorem a protecção social, combatam a pobreza, promovam os serviços públicos de qualidade a favor dos portugueses e do desenvolvimento do pais.

Celebrar hoje os 35 anos da Revolução de Abril é, pois, não esquecermos o seu legado e os seus valores, que continuam a inspirar todos aqueles que acreditam que é possível e necessária uma sociedade mais participada, mais justa e mais democrática.

Celebrar hoje os 35 anos de Abril é reconhecer a actualidade dos valores e do projecto libertador da Revolução de Abril, como elemento indispensável para uma mudança de rumo e de políticas.

Viva o 25 de Abril, Viva o 1º de Maio
Vila Franca de Xira, 2 de Abril de 2009"