PCP de Torres Vedras apela à organização e luta dos trabalhadores da Fundição Dois Portos

doisportos.jpg A situação que vivem os trabalhadores da Fundição Dois Portos é inadmissível. Atraso nos pagamentos aos trabalhadores; congelamento salarial há já cinco anos; péssimas codições de higiene e segurança; uma actuação patronal que recorre à tentativa de chantagem e intimidação dos trabalhadores. É face a este quadro concreto, e à ofensiva geral contra os trabalhadores portugueses que o Governo está a levar a cabo, que o PCP apela à organização e luta dos trabalhadores da Empresa, bem como à sua forte adesão à greve geral de 24 de Novembro.

Ler Comunicado em PDF