Manuel Duran Clemente, Capitão de Abril, apoia a CDU

duran clemente"O Poder Local é uma das mais significativas conquistas de Abril e desde então tem sido um dos mais profícuos baluartes para a construção e afirmação dum Portugal Democrático. As autarquias locais são responsáveis por uma das maiores e mais profundas transformações alcançadas com o 25 de Abril de 1974.

A CDU - e as forças políticas nela representada -, ao longo dos quase quarenta anos de Democracia, tem sabido apresentar-se às populações, sempre como elas se habituaram a conhecê-la: «com rosto público, projecto conhecido e responsabilidade comprovada».

Continuar...

TODOS A BELÉM - MANIFESTAÇÃO DA CGTP-IN, SÁBADO - 6 DE JULHO

todos a_belem

Não há tempo para hesitações. É necessário intensificar a luta pela demissão do Governo, pela convocação de eleições antecipadas, pela exigência de uma política patriótica e de esquerda. Derrotemos este Governo e esta política que tanto mal tem feito ao povo português.

 



Ler documento em PDF

Apresentação da Candidatura da CDU às Freguesias de Parede e Carcavelos

apresentacao cdu_parede_filipe_2O Parque Morais, na freguesia de Parede, foi o palco escolhido para o último acto público de apresentação das candidaturas da CDU no Concelho de Cascais que decorreu no passado Domingo, dia 30 de Junho, com a segunda apresentação da candidatura da CDU às freguesias de Parede e Carcavelos. Mais uma vez, a CDU, mostrando o seu respeito pelas freguesias e pelo poder local democrático, realizou uma apresentação em cada uma das freguesias agregadas pela criminosa lei do governo em ruínas do PSD/CDS.

Continuar...

Apresentação da Candidatura da CDU às Freguesias de Carcavelos e Parede

cdu carcavelos_manuel_barradasNo passado Sábado, dia 29 de Junho, decorreu no agradável parque da Quinta da Alagoa, na freguesia de Carcavelos, a primeira apresentação da Candidatura da CDU às Freguesias de Carcavelos e Parede, duas, das quatro freguesias do Concelho de Cascais, que foram alvo do ataque ao poder local democrático levado a cabo pelo governo moribundo do PSD de Passos Coelho e do CDS de Paulo Portas. 

Continuar...

SOBRE A LOCALIZAÇÃO DA SEDE DE CAMPANHA DO PSD/CDS-PP À CÂMARA MUNICIPAL DE CASCAIS NAS LOJAS DO PISO TÉRREO DO EDIFÍCIO DO PCP


SOBRE A LOCALIZAÇÃO DA SEDE DE CAMPANHA DO PSD/CDS-PP À CÂMARA MUNICIPAL DE CASCAIS NAS LOJAS DO PISO TÉRREO DO EDIFÍCIO DO PCP


O Partido Comunista Português confrontado com a recente situação criada pela escolha de instalar a sede de campanha da Coligação PSD/CDS-PP à Câmara Municipal de Cascais (CMC), a coligação Viva Cascais, nas lojas do edifício onde está localizado o Centro de Trabalho do PCP em Cascais, sito na rua Batalhão Sapadores Caminhos de Ferro, nº5, devidamente identificado e cujas traseiras estão localizadas na Alameda dos Combatentes da Grande Guerra, sede da Concelhia de Cascais do PCP e sua residência fixa no concelho desde 1976, entende a Comissão Concelhia de Cascais do PCP tecer as seguintes considerações:

Entendendo a situação como passível de ser corrigida e revertida em tempo próprio, por várias vezes e por vários meios, procurou o PCP estabelecer contacto com o Sr. Carlos Carreiras, líder da candidatura da Coligação Viva Cascais à CMC, com o objectivo de encontrar soluções que acautelem o normal desenvolvimento das respectivas acções de campanha.

 

Como até hoje não obteve resposta, pretende o PCP deixar claro que é da responsabilidade de quem levou por diante esta decisão ter em consideração todos os aspectos que dela possam decorrer.Uma vez que nos encontramos num período de eleições autárquicas e de que se tratam de forças políticas concorrentes nesta batalha eleitoral – a Coligação Democrática Unitária, CDU (que incorpora o PCP, o PEV e a Associação Intervenção Democrática) e a Coligação Viva Cascais (que incorpora o PSD e o CDS-PP) - entende o PCP manifestar a sua preocupação, já que esta situação coloca em causa o normal funcionamento e o desenvolvimento das actividades de campanha das respectivas forças políticas, que deverá decorrer num ambiente de combate e debate político cordial, pacífico e democrático.

 

O PCP não está naquele edifício e naquele local há 15 dias, mas há mais de 38 anos.

   

Nesse sentido, considerando que entramos num período de crescente aumento do fluxo de activistas, população e meios de campanha naquele espaço, as consequências terão necessariamente de ser ponderadas e medidas por quem decidiu e vier a manter a decisão de localizar a sede de campanha da coligação Viva Cascais naquele local. 

 

 

A Comissão Concelhia de Cascais do PCP.