Manuel Duran Clemente, Capitão de Abril, apoia a CDU

duran clemente"O Poder Local é uma das mais significativas conquistas de Abril e desde então tem sido um dos mais profícuos baluartes para a construção e afirmação dum Portugal Democrático. As autarquias locais são responsáveis por uma das maiores e mais profundas transformações alcançadas com o 25 de Abril de 1974.

A CDU - e as forças políticas nela representada -, ao longo dos quase quarenta anos de Democracia, tem sabido apresentar-se às populações, sempre como elas se habituaram a conhecê-la: «com rosto público, projecto conhecido e responsabilidade comprovada».

Vem-lhe da imensa obra realizada sempre que lhe têm sido confiados compromissos, no âmbito do Poder Local, obra que constitui um factor de melhoria das condições de existência, da satisfação e de anseios por uma vida melhor das populações, pela fiscalização e denúncia de abusos e incompetências, pela voz que dá nas autarquias aos problemas, aspirações e reclamações que de outra forma seriam desprezados.

Num quadro de agravamento continuado da situação económica e financeira em Portugal, e de perigos reais na situação europeia e internacional, torna-se uma questão fulcral e da maior importância, para as populações, ter nas autarquias homens, mulheres e jovens da CDU que darão efectiva garantia de defenderem os direitos e justas ambições dos cidadãos.

Num dos momentos mais difíceis da vida portuguesa, estamos certos, os actuais e futuros eleitos da CDU estarão na frente de combate de todos os democratas :

-contra o ataque promovido pelo Governo e pela maioria PSD/CDS-PP no Parlamento através da ingerência e usurpação da autonomia do poder local democrático e a coberto de medidas inseridas no Programa de Assistência Financeira assinado entre PS, PSD e CDS-PP e a ”troika”;

-contra a reorganização administrativa do território, com a extinção ou a fusão de freguesias, a lei dos compromissos e a nova lei das finanças locais, subtraindo meios e pondo em causa o funcionamento normal das autarquias ;

-contra a estratégia de saque fiscal às populações e de asfixia das suas políticas públicas próprias;

-contra a imposição de comunidades intermunicipais - não eleitas - em substituição das regiões administrativas e retirada de competências aos municípios e seus eleitos a quem foi conferida pelo povo a verdadeira legitimidade democrática.

-contra a imposição da redução de dirigentes e de trabalhadores e a descapitalização das autarquias, com mais e numerosos cortes nas verbas provenientes do Orçamento do Estado.

-contra o acerto de contas que está a ser feito com o poder local de Abril, promovido pelo poder mais reacionário e antipatriótico desde a Alvorada Libertadora de há 39 anos.

Por isso como cidadão e militar de Abril eu apoio o projecto autárquico CDU sendo minha convicta opinião que confirmar a CDU como grande força do poder local, ampliar a sua influência e enraizamento populares, afirmá-la como espaço de convergência democrática e de intervenção unitária baseada num projecto claro e distintivo, constitui uma questão da maior importância para o presente e futuro, quer seja no plano da intervenção local ou da acção política mais global.

É possível uma política diferente, com propostas e soluções para o país, com provas dadas, trabalho feito e obra realizada.

Na CDU e no seu reforço –como força de Abril e das suas conquistas - estamos certos residirá a possibilidade de uma ruptura com a política de direita, da defesa dos interesses nacionais, do combate às desigualdades e à construção de um país mais justo, desenvolvido e soberano."

Manuel Duran Clemente, Capitão de Abril [Coronel Reformado]