Em Cascais lembrou-se que «Não queremos caridade, queremos dignidade!»

mini-cascais rua_out

O Ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Sr. Pedro Mota Soares fugiu da inauguração de uma “cozinha com alma”, uma iniciativa conjunta do Governo, da Câmara Municipal de Cascais e uma entidade privada que assumirá a gestão do “negócio”. Mesmo sem a presença do Ministro e com muita chuva, os manifestantes (que responderam ao apelo da Delegação dos Sindicatos da Parede e do Movimento dos Trabalhadores) permaneceram no local até ao fim da cerimónia, não perdendo a oportunidade de confrontar aqueles que com uma mão roubam nos salários e nas pensões e com outra fingem que lhes dão o pão, entregando junto do Presidente de Câmara o manifesto escrito.