Sobre os acontecimentos na Quinta da Carreira, S. João do Estoril

20170502 112917No protesto, num acto de solidariedade para com os moradores, estava o Vereador do PCP, Clemente Alves, falando com os moradores sobre a acção dos eleitos do PCP na Câmara e Assembleia Municipal e questionando a realização desta obra ilegal. Os responsáveis da empresa municipal Cascais Próxima que está a realizar a obra, indo contra o legítimo protesto dos moradores, chamaram a polícia que teve uma intervenção intempestiva e desadequada por parte de alguns agentes que culminou com a detenção do vereador do PCP, Clemente Alves, sem o informarem do motivo pelo qual estava a ser detido. Foram ainda identificados outros moradores que estavam no protesto.

  

20170502 104513Hoje, dia 2 de Maio de 2017, mais de duas dezenas de moradores da Quinta da Carreira, em S. João do Estoril, protestavam contra as obras de construção de um parque de estacionamento em terreno classificado como REN. A obra iniciou-se há dias, sem edital, sem aprovação em reunião da Câmara Municipal de Cascais e sem qualquer aviso aos moradores.
No protesto, num acto de solidariedade para com os moradores, estava o Vereador do PCP, Clemente Alves, falando com os moradores sobre a acção dos eleitos do PCP na Câmara e 20170502 100453Assembleia Municipal e questionando a realização desta obra ilegal.
Os responsáveis da empresa municipal Cascais Próxima que está a realizar a obra, indo contra o legítimo protesto dos moradores, chamaram a polícia que teve uma intervenção intempestiva e desadequada por parte de alguns agentes que culminou com a detenção do vereador do PCP, Clemente Alves, sem o informarem do motivo pelo qual estava a ser detido. Foram ainda identificados outros moradores que estavam no protesto.
20170502 110423O protesto foi convocado pelos moradores da Quinta da Carreira, que se mobilizaram contra a construção do parque de estacionamento e exigir explicações por parte da câmara municipal, o que nunca foi feito por parte do executivo.
O PCP está, e esteve desde sempre, solidário com a justa reivindicação da população contra a construção em leito de cheia e sempre defendeu a construção de um parque urbano para o local.
O PCP reitera o direito das populações em defender os seus legítimos interesses e o direito ao protesto e repudia e considera inaceitável a forma intempestiva como alguns agentes da PSP actuaram sobre os moradores e, em particular, da forma agressiva e totalmente despropositada com que intervieram sobre o Vereador do PCP, Clemente Alves.
O PCP tudo fará para, em conjunto com a população, continuar a luta contra esta obra ilegal que se está a fazer na Quinta da Carreira em S. João do Estoril e denuncia a postura da maioria PSD/CDS na Câmara Municipal de Cascais, que tenta justificar o injustificável com acusações à CDU, quando o que precisa de esclarecer é porque é que iniciou uma obra ilegal em zona de reserva ecológica, sem nunca a ter discutido com os moradores.

 

02 de Maio de 2017
O Secretariado da Comissão Concelhia de Cascais do PCP