PCP interroga governo sobre perseguição e assédio moral a trabalhadores da Vitrohm

vitrohm contacto miguel tiagoO grupo parlamentar do Partido Comunista Português questionou o governo, através do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, sobre a perseguição e assédio moral relatados por um grupo de trabalhadores da Vitrohm. Numa iniciativa à porta dessa empresa, os trabalhadores denunciaram a existência de um clima de pressão, opressão e constante assédio moral.

Continuar...

UNIDADE - Boletim do Sector de Empresas de Cascais

BoletimUNIDADE Novembro20174cores-page-001cropNo ano em que se comemora o Centenário da gloriosa revolução de Outubro, a organização dos trabalhadores comunistas no Concelho de Cascais decidiu retomar a publicação do deu boletim "UNIDADE". A manifestação nacional convocada pela CGTP-IN para 18 de Novembro, em Lisboa, está em destaque nesta edição, onde podemos encontrar, também, o encerramento da fábrica Legrand em Carcavelos, a vitória dos trabalhadores do CMRA, a indignação na Tratolixo, a repressão na Vitrohm, a precariedade no Hospital de Cascais e  o novo ACEP assinado na União das juntas de freguesias de Carcavelos e Parede. A fechar o boletim ainda há tempo de conhecer os eleitos comunistas nos órgãos autárquicos do Concelho e algumas propostas do PCP para o Orçamento do Estado para 2018.

Ler Boletim em PDF

PCP contacta com os trabalhadores da Vitrohm

2017.10.27.Miguel.Tiago.Vitrohm

Sobre as irregularidades no acto eleitoral de 1 de Outubro 2017 no concelho de Cascais

A Coordenadora Concelhia de Cascais da CDU vem por este meio dar a conhecer a sua posição face a várias irregularidades verificadas no acto eleitoral de 1 de Outubro 2017 no concelho de Cascais que foram objecto de protesto, reclamações e de um recurso para o Tribunal Constitucional rejeitou o recurso baseando-se em considerações meramente formais que em nada dissipam ou esclarecem as irregularidades que foram detectadas.

Continuar...