CDU Cadaval realizou Almoço Convívio

3684417_krlbj.jpg

O Almoço decorreu, no passado Domingo, no Parque das Merendas do Cadaval e contou com a presença de Ana Rita Carvalhais, terceira candidata na Lista da CDU ao Parlamento Europeu que contactou com a população da Vila e visitou a ANIMARTE. A intervenção da candidata começou por referir a importância da mobilização para o voto no dia 7 reafirmando a confiança num bom resultado da CDU, de que é um exemplo de confiança a “Marcha no passado dia 23 que confirmou a CDU como a grande força da ruptura, a verdadeira alternativa de esquerda à política de direita. Ana Rita sublinhou que a campanha da CDU parte do trabalho realizado pelos Deputados do PCP no PE com mais de 2000 intervenções, declarações de voto e perguntas e dezenas de Resoluções, relatórios e pareceres em estreita articulação com o país e as aspirações dos trabalhadores e do povo.

A candidata da CDU criticou ainda os candidatos que optam por “discursos vazios de conteúdo ou ideias que depois se verá no que dão, como o imposto de Vital Moreira que afinal – como se viu na Assembleia da República esta semana na votação do projecto - lei do PCP para taxar as operações bolsistas - é bom para a Europa mas não o é para Portugal. Cá, votam contra.” Ainda sobre a campanha da CDU, sublinhou que a CDU não se refugia nos subterfúgios do que é secundário e acessório, no escândalo e no pequeno conflito para esconder as coincidências de políticas - como é evidente entre PS, PSD e CDS/PP - ou ainda as incoerências e falta de clareza de outros, como no caso do BE, que ainda esta semana veio numa entrevista defender para a política fiscal o fim do direito de veto dos países da União Europeia. Ou seja, o BE defende o fim do direito de cada país e de cada povo decidir da sua política fiscal em função dos interesses do seu próprio povo.” A terminar, Ana Rita sublinhou que “ o voto na CDU é aquele que mais dói à política de direita do PS e do PSD. É o voto que mais garantia dá de uma ruptura com 30 anos de políticas de direita que põem em causa a própria essência da democracia e a todos os que hesitam sobre se o seu voto faz falta, aqui lhes lembramos: tarde demais será, se na noite das eleições, o governo do PS ao ler os resultados eleitorais, puder encontrar neles um qualquer sinal de aprovação das suas políticas.” Seguidamente, a Delegação da CDU visitou a ANIMARTE e contactou com a população no Centro da Vila sendo a comitiva recebido com grande simpatia e amabilidade, procurando contribuir para o esclarecimento e o combate à abstenção.