Jantar Convívio CDU do Cadaval a 25 de Abril

Grande iniciativa comemorativa da Revolução dos Cravos
CDU assinala 25 de Abril para que nunca mais aconteça fascismo!


A CDU promoveu, na passada 3ª feira, um Jantar Convívio para assinalar a importante data do 25 de Abril. Perto de meia centena de apoiantes da CDU juntou-se no Centro de Trabalho do PCP para comemorar uma das datas mais exaltantes da história portuguesa. Na mesa que dirigiu a iniciativa, destacavam-se Ricardo Miguel, porta-voz da CDU na Assembleia Municipal; Humberto Germano, eleito na Junta do Vilar; Paulo Ventura, eleito na Assembleia de Freguesia Cadaval e Miguel Soares, membro do Executivo da Direcção Regional de Lisboa do PCP.

Sob o lema " LEMBRAR ABRIL PARA QUE NUNCA MAIS ACONTEÇA O FASCISMO", esta iniciativa contou com as intervenções políticas de Ricardo Miguel e Miguel Soares.

Na sua intervenção, Ricardo Miguel referiu que esta iniciativa, que permite juntar comunistas com muita gente sem partido e aliados da CDU, têm pertinência reforçada quando as comemorações oficiais da Câmara são uma fraude, pois nada têm do 25 de Abril. A crítica às comemorações promovidas pela Câmara vai mais longe pois, segundo este membro da Assembleia Municipal, a Câmara ignorou uma recomendação, aprovada por unanimidade, na Assembleia de Abril do ano passado que recomendava que as comemorações tivessem um carácter pedagógico. Inclusivamente, essa recomendação foi elogiada pelo Presidente da Câmara que agora dela se esqueceu.

Salientando a importância da iniciativa, Miguel Soares sublinhou o importante papel do PCP no combate à ditadura fascista porque foi o único Partido que se manteve organizado e a intervir com tudo o que isso implicou: prisões, torturas, perseguições, etc…

Apresentando os traços mais negativos deste regime que levou o país para uma situação de profundo atraso económico e social, não deixou de criticar as sucessivas tentativas de branquear a sua natureza terrorista como aconteceu recentemente como o Programa “ Os grandes portugueses” ou a tentativa de criação de um Museu sobre Salazar.

A terminar, apelou à mobilização de todos para a defesa das grandes conquistas da Revolução de Abril pelos ataques que lhes têm sido desferidos por sucessivos Governos, bem como no empenho de todos na GREVE GERAL convocada pela CGTP-IN para dia 30 de Maio, a 1ª convocada para um Governo Socialista.

Após o jantar seguiu-se um momento cultural com declamação de poemas alusivos à data, músicas da época e à meia-noite o lançamento de foguetes, tradição do PCP no Cadaval.