CDU Amadora pela reabertura do Cine-Teatro D. João V

damaia.jpg

Muitos amigos e apoiantes da CDU concentraram-se hoje, junto ao encerrado Cine-Teatro D. João V, na Damaia, em defesa da reabertura deste espaço cultural que tanta falta faz ao concelho. Contando com a intervenção do camarada António João Carichas, lider da bancada CDU na Assembleia Municipal, foi clara a posição a exigir que o D. João V seja devolvido à cultura e à população da freguesia e do concelho.

 Ler Comunicado em PDF 

Incêndio no Lido - Amadora mais pobre

O Lido, embora estivesse encerrado há vários anos, era, se recuperado uma potencial mais-valia cultural para a Cidade que, com a gestão PS na CMA, tem vindo a perder nos últimos 11 anos os espaços culturais existentes.  Conhecemos a intenção da CMA de, no lugar do Lido, autorizar a construção de mais uns blocos de apartamentos e escritórios. Mas nós pensamos estar na altura de a CMA repensar as suas opções e procurar uma parceira que mantenha naquele lugar uma sala de espectáculos que tanta falta faz ao concelho.

Continuar...

CDU Amadora realiza Encontro Concelhio

A CDU da Amadora realizou no passado sábado (24 de Janeiro) o seu Encontro Concelhio, no Auditório Municipal da Amadora, que contou com a presença de cerca de 100 activistas, e discutiu a intervenção nas três batalhas eleitorais de 2009.

Continuar...

Monte da Galega: Mais um Equipamento Público desviado para o futebol profissional

A CDU da Amadora opôs-se na CM Amadora à cedência do Complexo Desportivo do Monte da Galega para os treinos dos Árbitros de Futebol Profissional, sublinhando que este equipamento foi construído durante a gestão CDU do Munícipio para o apoio à prática desportiva dos atletas e colectividades da Cidade, dispondo de valências únicas no Concelho e raras no país para a prática de atletismo. 

Continuar...

Alfragide: Uma situação inexplicável por parte do Ministério da Educação e da PSP

Quando os alunos da Escola C+S de Alfragide entenderam não acatar e lutar contra o estatuto do estudante imposto pelo Governo PS / Sócrates altamente lesivo dos direitos dos estudantes, fecharam a cadeado os portões da escola. O conselho executivo da escola, com certeza dirigido por um homem de mão do governo, chamou a polícia. Esta não se fez rogada, entrando em força e de forma despropositada no sentido de repor a legalidade do governo. Bateu em vários estudantes, entre eles um de apenas 10 anos de idade (se em casa o pai lhe desse um palmada era crime de acordo com a lei – e bem).

Continuar...

Estranhas decisões da Câmara da Amadora quanto à limpeza da Cova da Moura

A Câmara Municipal Amadora retira responsabilidade da limpeza do Bairro da Cova da Moura à Junta de Freguesia da Buraca e desresponsabiliza-se das suas obrigações. A Câmara da Amadora aprovou, na sua reunião de 2008/10/22, uma proposta que visa transferir a limpeza da Cova da Moura para a Associação de Moradores do Alto da Cova da Moura. Trata-se de uma medida que visa desresponsabilizar a Câmara duma obrigação que tem atribuído por lei e colocá-la às costas duma Associação prestigiada mas sem qualquer experiência nesta área.

Continuar...

AS OBRAS DA CRIL E A FALTA DE RESPEITO PELAS PESSOAS.

AS OBRAS DA CRIL E A FALTA DE RESPEITO PELAS PESSOAS.
 
Com o arranque das obras da CRIL foi fechado o acesso dos autocarros 154 e 155 ao Largo Feliciano Castilho na Venda Nova.
 
A CDU considera uma grave falta de respeito da parte da Junta de Freguesia, da Câmara Municipal da Amadora e da L.T. (Lisboa Transportes), para com esta população, com destaque para o elevado número de idosos aqui residentes e que tinham nestes autocarros o único meio de transporte para se deslocarem, tendo em linha de conta que estes autocarros faziam a ligação directa ao Hospital Amadora / Sintra, era de prever da parte das entidades responsáveis uma maior sensibilidade para lidar com esta situação.
 
Caberia aqui ao PS na Câmara Municipal Amadora e na Junta de Freguesia fazer jus ao seu lema de campanha "AS PESSOAS ESTÃO PRIMEIRO", tomar as devidas providencias para criar alternativas de acordo com as
necessidades da População.

Assim não aconteceu, mais uma vez o PS na Autarquia e no Governo seguiu uma linha condutora, que é apanágio da sua forma de estar na Politica, por cima de toda a folha, por cima dos interesses e necessidades da População que neles votou, unicamente de acordo com o calendário eleitoral e com interesses imobiliários, como é o caso da
não passagem da CRIL pela quinta da Falagueira afectando com este traçado imposto a martelo às populações milhares de moradores (Bairro Stª Cruz, Damaia, Venda Nova, Alfornelos e etc.).

A CDU apela á população para que lute em defesa dos seus direitos e que esteja atenta, pois no próximo ano, há eleições Autárquicas, legislativas e Europeias, e o PS irá concerteza reavivar o "Canto da Sereia" no sentido de mais uma vez enganar os eleitores, com obras de fachada tirando de onde faz falta para pôr onde faz vista.

Não se deixe enganar.

A ALTERNATIVA EXISTE E CONSTRÓI-SE COM A CDU.