Não ao corte de transportes na Amadora

metroamadora.jpgO Metropolitano é hoje usado diariamente por milhares de Amadorenses. O governo PSD / CDS, a pretexto da necessidade de poupar, prepara-se para ACABAR COM O SERVIÇO DO METROPOLITANO A PARTIR DAS 21 HORAS, tendo já nomeado uma comissão para o efeito. O PCP apela a população que reside e trabalha na Amadora para que se organize e lute pelo direito a um serviço público de qualidade nos transportes.

 

NÃO AO CORTE NOS TRANSPORTES

POR UM SERVIÇO PÚBLICO DE QUALIDADE

O Concelho da Amadora é hoje, com a deslocalização e o fim de grandes indústrias, um dormitório da Grande Cidade, obrigando a uma diária deslocação de milhares de pessoas. Nestas condições, o Metropolitano é uma das melhores soluções para os Amadorenses se deslocarem para Lisboa.

O Metropolitano é hoje usado diariamente por milhares de Amadorenses.

O governo PSD / CDS, a pretexto da necessidade de poupar, prepara-se para ACABAR COM O SERVIÇO DO METROPOLITANO A PARTIR DAS 21 HORAS, tendo já nomeado uma comissão para o efeito.

O Partido Comunista Português sabe que, o que o Governo verdadeiramente pretende, é reduzir os serviços públicos, para numa lógica de lucro fácil preparar o caminho para entregar a empresa a privados, não tendo com isso pejo em entregar um investimento público de milhões de euros, com que andaram a enganar as populações da Amadora em muitos actos eleitorais.

Os Amadorenses lutaram durante muitos anos pela chegada do Metropolitano à Amadora, melhoraram com ele a qualidade do transporte para fora do Concelho; evitou-se o uso de transporte individual e o congestionamento da rede viária; foi melhorada a mobilidade e as acessibilidades dos cidadãos e consequentemente melhorou o ambiente urbano.

A rede do Metropolitano deve ser alargada e não reduzida!

Não podemos permitir que este serviço público seja retirado por políticas e interesses do grande capital e dependentes de decisões europeias!

A Comissão Concelhia da Amadora do Partido Comunista Português repudia todo este ataque que está a ser feito aos serviços públicos de transportes pelo governo PSD / CDS, através da redução de serviços e aumento dos preços abrindo caminho para a privatização.

O PCP apela a população que reside e trabalha na Amadora para que se organize e lute pelo direito a um serviço público de qualidade nos transportes.

Amadora, 28 de Outubro de 2011

A Comissão Concelhia da Amadora do PCP