A Câmara Municipal da Amadora quer destruir o Parque Delfim Guimarães!

delfimguim.jpgAlerta a CDU da Venteira: "Sabe que a Câmara Municipal da Amadora quer destruir o Parque Delfim Guimarães? É verdade! Com certeza já viu o estaleiro da obra instalado no Parque. E para quê? Com o argumento que a pérgula do jardim é vandalizada (?) e que não tem segurança, a Câmara quer destruir este espaço central com a colocação de uma rede à volta da pérgula."
A Câmara Municipal da Amadora quer destruir o Parque Delfim Guimarães!
 
Sabe que a Câmara Municipal da Amadora quer destruir o Parque Delfim Guimarães? É verdade!
 
Com certeza já viu o estaleiro da obra instalado no Parque.
 
E para quê? Com o argumento que a pérgula do jardim é vandalizada (?) e que não tem segurança, a Câmara quer destruir este espaço central com a colocação de uma rede à volta da pérgula.
 
Com esta peregrina ideia, os cidadãos não poderão mais ter acesso a este elemento central do Parque (Só pelo interior do parque infantil.). Mais: o circuito pedestre, na parte inferior do jardim, será bloqueado pela dita rede. Esta desnecessária e despesista obra, irá destruir a memória histórica de muitas gerações de Amadorenses. Será um atentado ao património, que está classificado como interesse municipal, pela própria Câmara Municipal da Amadora!

É um atentado à Cidade, ao Município e a todos os que utilizam este belo espaço, que é uma das mais antigas referências de uma comunidade, que é utilizado por muitos para descansar e passear, e até para actividades culturais (espectáculos, Feira do Livro…).

Tudo isto com o pretexto da falta de segurança, que é real em toda a Freguesia (que não será, provavelmente, toda ela protegida com uma rede!).
 
A insegurança no Jardim, na Freguesia, na Amadora, é um problema que terá que ser resolvido de outra forma!
 
Com outras politicas sociais e de emprego e com a adopção, por parte do Governo e da Câmara Municipal da Amadora de medidas que levem ao reforço do número de agentes da P.S.P.,ao policiamento de proximidade e o apoio complementar da Polícia Municipal.
 
Recusamos ainda o engodo da Câmara Municipal, que quer avançar com a obra com o chamariz que vai ser ampliado o parque infantil, alargando-o até à pérgula, onde instalaria 4 aparelhos para crianças. Ou seja, a pérgula perderia a função para a qual foi construída, o seu valor, e, ao mesmo tempo, a sua importância dentro do próprio Parque Delfim Guimarães.
 
Transformar a pérgula num espaço infantil não é acrescentar valor histórico ou arquitectónico ao Parque. Ao contrário, é retirar-lhe valor.

Transformar a pérgula num equipamento da área infantil, é equiparar o espaço a um escorrega ou a um baloiço. È um esbanjamento da riqueza histórica e patrimonial da Amadora. È descaracterizar o Parque, amarfanhar a sua dignidade. É rasgar uma página da história da Amadora, que nunca mais poderá ser lida da mesma maneira!

Porque o património é vandalizado, vamos destruir o património!

As medidas para alterar a situação terão que ser outras, que devem ir no sentido de resolver o problema da insegurança e, ao mesmo tempo, de valorizar este património, que é uma das formas de contribuir para a sua protecção.

Apelamos à sua indignação, enviando mensagens para o mail  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou participe nas próximas reuniões da Assembleia de Freguesia da Venteira (dia 19 de Março, às 21 horas, nas instalações da Junta de Freguesia - Rua 1º de Maio) e Assembleia Municipal da Amadora (dia 26 de Março, às 20 horas, na Câmara Municipal).
    
Venteira, 20 de Janeiro de 2009

A Coordenadora da CDU da Freguesia da Venteira / Amadora


Visite o sítio do PCP na Venteira:
http://venteiracfpcp.blogspot.com/

Visite o sítio da CDU da Amadora:
http://www.dorl.pcp.pt/amadora/