Não "Matem" Alfornelos com a CRIL

A Comissão de Freguesia do PCP em Alfornelos, município da Amadora, analisou as notícias transmitidas pela comunicação social sobre o último lanço da CRIL, recentemente adjudicado pelo Governo no valor de mais de 111 milhões de euros à empresa Bento Pedroso S.A., sétimo classificado no concurso público.

Declarações que lhe trouxeram acrescidas dúvidas e preocupações, mas principalmente, lhe aprofundaram a convicção de que é necessário e possível lutar pela construção do traçada em túnel verdadeiro. 

COMUNICADO
 
A Comissão de Freguesia do PCP em Alfornelos, município da Amadora, analisou as notícias transmitidas pela comunicação social sobre o último lanço da CRIL, recentemente adjudicado pelo Governo no valor de mais de 111 milhões de euros à empresa Bento Pedroso S.A., sétimo classificado no concurso público.
 
Verifica-se que as preocupações já por várias vezes ressaltadas pelo PCP sobre o traçado deste último lanço da CRIL são espelhadas nas declarações do engenheiro responsável pelo estudo feito pelo Observatório de Segurança das Estradas. Isto é o traçado da CRIL, neste último lanço, não oferece as mínimas condições de segurança no que diz respeito à segurança rodoviária. Este engenheiro até considera que existe total violação dos critérios de segurança.
 
A Comissão de Freguesia do PCP de Alfornelos critica e insurge-se com as declarações prestadas pelo engenheiro das Estradas de Portugal. As suas declarações dão a entender que o que foi adjudicado é uma farsa e manipula, gravemente, os contribuintes ao declarar que a “adjudicação não foi de uma obra definitiva”, deixando já a porta aberta para derrapagens orçamentais de acordo com as alterações ao traçado que, durante a obra, poderão vir a ser introduzidas.
 
Esta atitude das Estradas de Portugal, com o apoio do Governo, mostra bem a incúria e a falta de desvelo com que vem sendo tratado o último troço da CRIL, sem ter em conta a segurança, a qualidade de vida, a saúde e os direitos legais da população, sem qualquer preocupação da boa gestão dos dinheiros públicos e da saúde das populações.
 
O governo, ao apadrinhar esta solução, fazendo orelhas moucas a todas as propostas apresentadas pela população e, ao contrário, dando cobertura na defesa dos interesses da especulação imobiliária, é o principal responsável pelo crime ambiental que se vai cometer com a construção deste traçado da CRIL.
Assim, louvamos a luta que a Associação Cívica de Moradores de Alfornelos (ACMA), tem desenvolvido na defesa da Freguesia de Alfornelos e da sua população, calculada em cerca de 15 mil habitantes, contra todas as manobras e, sobretudo contra os interesses politico-partidários, da Câmara Municipal da Amadora (PS) e da Junta de Freguesia de Alfornelos (PS), pelo direito à saúde e ao seu Bem-estar, direitos que estão a ser postos em causa com este projecto das Estradas de Portugal.
 
A solução passa pela construção da CRIL e da Radial da Pontinha em túnel verdadeiro em ambas as encostas que limitam a freguesia.
 
O PCP está, como sempre, solidário com todas as lutas que tenham em vista o bem-estar e qualidade de vida das populações.


Alfornelos, 22 de Novembro de 2007
A Comissão de Freguesia