Encontro Concelhio da CDU de Alenquer faz balanço do mandato

Tendo realizado no dia 3 de Novembro, na Biblioteca Municipal em Alenquer, o seu Encontro Concelhio, onde os eleitos e activistas da CDU reflectiram sobre o quadro politico actual e traçaram novas metas para o próximo ano de 2008, a Coordenadora Concelhia da CDU apresentou as principais linhas de balanço do mandato e das perspectivas de intervenção para os próximos dois anos.
Balanço de dois anos de mandato

Após o Encontro realizado hoje dia 3 de Novembro de 2007 na Biblioteca Municipal, em Alenquer, onde os eleitos e activistas da CDU reflectiram sobre o quadro politico actual e traçaram novas metas para o próximo ano de 2008.
A Coordenadora Concelhia da CDU apresenta as principais conclusões da reunião:

Câmara Municipal

Apenas com um eleito e com um orçamento muito reduzido, o trabalho dos respectivos pelouros (Agricultura, Actividades Cinegéticas, Saúde e Juventude), trouxe um novo estilo de trabalho ao executivo camarário, quebrando a rotina que se instalou nos últimos 30 anos, quer na forma de trabalho, quer naquilo que obrigou à mudança.
Nos pelouros da responsabilidade da CDU foi imprimida uma dinâmica envolvente com as pessoas, quer com as organizações representativas dos vários pelouros, quer com a população em geral, o que possibilitou que com um orçamento escasso, se tenham realizado tantas iniciativas de qualidade, o que prova o trabalho dinâmico da CDU, onde se destaca a Semana da Juventude, Apoio a Projectos Juvenis, Concurso de Bandas, Acções de Formação para o mundo rural, 1º Congresso da Agricultura Biológica, Jornadas Agrícolas, Feira do Campo e da Agricultura Biológica, debates sobre a gripe das aves e sementes transgénicas, publicação do Manual do Caçador Ecológico, e apoio ás Comissões de Utentes do serviço nacional de saúde, na defesa dos cuidados de saúde entre outras actividades.
Todo o trabalho da CDU foi executado com um ritmo muito próprio e independente.

Assembleia Municipal

Os eleitos da CDU na Assembleia Municipal tem tido um papel de grande significado, quer marcando a sua posição politica sobre todos os temas que envolvem a nossa população, quer apresentando moções sobre os mais variados assuntos.
O trabalho tem sido activo e permanente.

Freguesias

O trabalho dos seus eleitos, em minoria nas Freguesias do Carregado e de Triana, tem conseguido levar para bom rumo a acção dos respectivos executivos, destacando-se a dinâmica em prol de melhores soluções para as populações.
 No caso de Triana, apesar da CDU deter um único eleito no seu próprio executivo, o trabalho tem extravasado, e em muito, as competências do próprio cargo (tesoureiro), tendo sido ampliado o trabalho em prol das colectividades, das escolas, dos reformados e da juventude.
No Carregado, a CDU tem dois eleitos no executivo da Junta, destacando-se o trabalho útil, em prol das questões da educação, do trânsito e das obras.
Na Abrigada, onde a CDU detém maioria absoluta, continua em marcha o trabalho local, servindo de exemplo a melhoria geral das acessibilidades, com a construção e recuperação de vários caminhos rurais e pontes, assim como a normalização financeira da Junta de Freguesia.
Nas restantes Freguesias, em minoria nas respectivas Assembleias, têm sido os eleitos da CDU quem mantêm a firme posição de defesa das populações, destacando-se a dinâmica da Assembleia de Freguesia de Santana da Carnota, com a presidência do seu órgão.

Funcionamento geral da Câmara

O Vereador da CDU tem-se pautado por um papel independente no executivo camarário e sempre que entendeu que estavam em causa atitudes lesivas da população do nosso Concelho votou contra, mesmo que isso significasse votar contra as propostas do PS como foi o caso do aumento do imposto municipal sobre os imóveis em 14,3% ou a privatização do estacionamento da baixa de Alenquer, onde o PS e o PSD votaram favoravelmente, cujas votações foram de seis votos a favor e um contra da CDU.
Em muitas outras votações a CDU votou contra (urbanização do Brandão, estaleiro de Cheganças, etc.).
Estas votações são elucidativas de que a CDU na Câmara não está vinculada a votar ao lado do PS ou do PSD (Coligação Pela Nossa Terra) mas sim votar sempre que achar melhor para a população de Alenquer.


O Governo Central e a Autarquia

Uma das análises deste Encontro foi a posição do governo PS para com o Município de Alenquer e dos municípios em geral, onde se conclui haver uma grande falte de respeito para com os trabalhadores das autarquias locais e um não investimento em obras públicas de grande importância, como é o caso de não inclusão em PIDDAC do complexo escolar e Posto das forças de segurança no Carregado, a Extensão de Saúde de Abrigada e a variante Marés – Atalaia, obras urgentes para o nosso Concelho.
Apesar do Ministério da tutela e a Administração Regional de Saúde terem feito muitas promessas, continuam por resolver questões que se prendem nomeadamente com a falta de médicos em diversas Extensões de Saúde do Concelho, para além de algumas que funcionam em espaços adaptados e outros a carecer urgentemente de obras.


Conclusão

Nesse sentido, uma das conclusões deste Encontro determinou a disponibilidade da CDU para a manutenção de responsabilidades ao nível do executivo da Câmara, tendo como único objectivo a defesa e a melhoria da qualidade de vida das populações do Concelho de Alenquer na perspectiva daquele que foi o seu lema de campanha do último acto eleitoral para as autarquias: “A Mudança Para Uma Vida Melhor”



3 de Novembro de 2007



A Coordenadora Concelhia de Alenquer da CDU