Olivais - Maus Transportes na Freguesia

No quadro da acção da CDU em Lisboa "Contra o Corte de Carreiras", a CDU dos Olivais fez sair um comunicado à população sobre as consequências para a freguesia das alterações na Rede 7, onde destaca a falta de carreiras com serviço nocturno mais alargado, e falta de carreiras aos fins-de-semana e feriados que liguem a locais dos Olivais como o Cemitério, “Shopping”, Parque das Nações, Aeroporto.
A Carris pretende passar à 2ª. Fase da chamada Rede 7 já no início do ano de 2008.

Este Plano irá agravar as condições de transporte na Cidade e também nos Olivais.
Principalmente na falta de carreiras com serviço nocturno mais alargado, falta de carreiras aos fins-de-semana e feriados que liguem a locais dos Olivais como o Cemitério, “Shopping”, Parque das Nações, Aeroporto.

Igualmente a eliminação de carreiras atravessando o interior da Freguesia é um factor que prejudica muito as pessoas, obrigando-as a alguns transbordos para sair dos bairros, com as consequentes perdas de tempo e aumento de custos.

Lembramos que a carreira 21, já retirada do interior sul dos Olivais, era uma das ligações mais directas ao Hospital Curry Cabral, hospital de apoio à nossa Freguesia.
Neste momento, circula apenas no norte e nas avenidas periféricas do sul.

A CDU propõe que, para ultrapassar esta deficiente ligação entre os Olivais e o centro da Cidade, se reveja a circulação da carreira interna 79, alargando-a a mais Bairros, com funcionamento aos fins de semana e feriados e com horário nocturno mais alargado.

A CDU dos Olivais apela à população da Freguesia para que se mobilize e organize em Comissões de Utentes para que sejam repostas as carreiras retiradas, horários além das 20.30 horas, frequências aos fins de semana e feriados e que a carreira circulatória 79 tenha um funcionamento mais adaptado a uma Freguesia com estas dimensões, quer geográficas quer populacionais. 

Há que DIZER NÃO a mais este agravamento dos transportes em Lisboa! HÁ QUE LUTAR E REIVINDICAR!

                                                                                    Olivais, Novembro de 2007