PCP saúda a luta dos trabalhadores do Metro de Lisboa

grevemetroO PCP saúda mais uma jornada de luta dos trabalhadores do Metro, que realizaram com sucesso duas greves parciais nos dias 16 e 18 de Março. O PCP lamenta a cega intransigência do Conselho de Administração do Metro, que em vez de respeitar os trabalhadores e as suas organizações contínua apostado na destruição da empresa, dos direitos e da fiabilidade do serviço público prestado aos utentes da Área Metropolitana de Lisboa. O PCP expressa a sua confiança que, brevemente, será esta gente - ministros, secretários de estado e administradores - apenas uma má recordação enquanto o Metro e os seus trabalhadores continuarão, com toda a dignidade, ao serviço das populações e do país.