Contra o roubo nos salários, trabalhadores do Metro decidem intensificar a luta

mini-20121220metroFace aos sucessivos roubos acumulados no salário em 2012 e aos já anunciados para 2013, os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa realizaram hoje uma nova greve parcial que paralizou a citculação até as 10h30, e em plenário (foto) decidiram intensificar essa mesma luta no mês de Janeiro, com a realização de diversas jornadas de luta, várias delas sobre a forma de greve. O PCP saúde a unidade e luta dos trabalhadores do Metropolitano, e exige do Governo o imediato respeito pela contratação livremente assinada com os trabalhadores.