Trabalhadores do Metro denunciaram que o Governo ainda não pagou as obras das três estações hoje inauguradas

mini-metrochequeUma delegação das Organizações Representativas dos Trabalhadores do Metropolitano de Lisboa esteve ontem na inauguração das três novas estações transportando consigo o cheque que simbolicamente exigiam que o Secretário de Estado assinasse no montante do custo daquela obra que o Governo não tinha pago obrigando a empresa a endividar-se ainda mais. Denunciavam assim que mais 226 milhões foram colocados na dívida da empresa por Governos que cortam fitas mas não pagam obras e depois falam da dívida das empresas públicas para justificar a sua privatização!