74 - A luta pela Reforma Agrária

 As ofensivas contra as conquistas de Abril têm na Reforma Agrária um dos seus alvos preferenciais. A luta em defesa da «mais bela conquista da revolução», assume o carácter de um amplo, profundo e poderoso movimento de massas em que, tendo na vanguarda o proletariado rural, participam populações inteiras, numa histórica e exaltante afirmação de unidade, determinação, coragem e heroísmo. Em 1979, na UCP Bento Gonçalves, em Montemor-o-Novo, no decorrer da entrega de uma reserva à qual os trabalhadores, legitimamente, se opunham, a morte voltou aos campos do Alentejo. De um lado, os homens de mão do agrário e a GNR; do outro lado, os trabalhadores. A GNR dispara. São assassinados dois trabalhadores, militantes comunistas: António Casquinha e José Caravela.

Para aprofundar o tema:


Próximo Painel: 75 - Em defesa da soberania nacional