10 - O Partido resiste

A década de trinta, no decorrer da qual se concretiza a fascização do Estado, foi, simultaneamente, um tempo de acentuada repressão contra o Partido. O crescimento do PCP assustava o regime fascista que concentrou nele a sua força repressiva e fez do anticomunismo a sua bandeira ideológica. O Partido sofre fortes golpes. Apesar disso prossegue a sua actividade. É criado um Comité Central, até aí inexistente. Entre 36 e 38, o "Avante!" publica-se semanalmente e chega a atingir tiragens de 10 mil exemplares.


Próximo Painel: 11 - O 18 de Janeiro de 1934