EMEF: O Governo é um agente activo da destruição do Aparelho Produtivo Nacional

mini-emefjul14O PCP apresentou na Assembleia da República um requerimento ao Governo sobre três graves siuações que ocorrem com a EMEF, todas em grave prejuízo da empresa e da economia nacional: a situação do projecto Lusogate oferecido à multinacional Nomad; a situações em Guifões com a perspectiva de retirar à EMEF a manutenção do Metro do Porto; a perspectiva da manutenção dos vagões da CP Carga passar para Espanha.

Ler Requerimento em PDF

Políticas do Governo estão a colocar em risco a fiabilidade da ferrovia nacional

mini-seg ferroviaO Grupo Parlamentar do PCP apresentou um requerimento exigindo  que o Secretário de Estado dos Transportes fosse chamado à Assembleia da República para prestar esclarecimentos sobre as consequências para a fiabilidade e segurança ferroviária das políticas que estão a ser impostas. Neste requerimento, que foi aprovado, o PCP sublinha o número crescente  de incidentes, aponta as causas - despedimentos, cortes na manutenção, privatizações - e a necessidade de uma ruptura com esta política que o Governo pretende intensificar com a liquidação da REFER na sua fusão com a EP.

Ler Requerimento em PDF

Há todas as razões para lutar contra a privatização da CP

cpprivtJoão Ferreira, candidato da CDU ao Parlamento Europeu, participou hoje numa acção contra a privatização da CP. Na ocasião, o Coordenador da CT da CP, além de expressar o seu apoio pessoal à candidatura da CDU, deixou a João Ferreira um importante contributo com as razões para combater a privatização da CP, onde por exemplo se destaca os preços muito superiores cobrados pelos privados e os apoios ainda maiores que recebem do Estado.

Ler Documento em PDF

Uma centena de ferroviários de Lisboa apela ao Voto na CDU

comunicado ferroviario cduNum apelo aos ferroviários, subscrito por uma centena de ferroviários de Lisboa, recorda-se que os deputados da CDU estiveram sempre ao lado dos ferroviários, em Bruxelas e em Lisboa, ao contrário de PS, PSD e CDS que sempre se colocaram contra a ferrovia e os ferroviários. E onde se sublinha a importância de dar força à CDU, também através do voto!

Importar Comunicado em PDF

 

PCP activamente solidário com justa luta dos ferroviários

mini-basta 8maio

O Sector dos Transportes da ORL do PCP saúda a jornada de luta dos ferroviários que hoje decorre - que regista níveis muito significativos de adesão na EMEF, na CP Carga, na REFER e mesmo na CP (apesar de nesta algumas organizações sindicais terem optado por não aderir à jornada de luta) - e sublinha que o caminho para derrotar a actual ofensiva anti-laboral e anti-nacional em curso é o do reforço da unidade e luta dos ferroviários.

As razões que levaram hoje milhares de ferroviários à luta são particularmente justas.

Editado Boletim do Sector Ferroviário do PCP

capa bolferrabrilEstá em distribuição o Boletim do Sector Ferroviário do PCP, onde se destacam abordagem ao IV Pacote Ferroviário, à fusão REFER/EP e ao futuro da EMEF, bem como as próximas eleições, com um texto de Marcos Nunes, ferroviário e candidato da CDU, bem como a divulgação de uma lista de 108 ferroviários membros das ORT's que apelam ao voto na CDU.

Ler Boletim em PDF

Mais uma jornada de luta em defesa da EMEF e da produção nacional

emef3abril14Os trabalhadores da EMEF realizaram hoje uma Manifestação Nacional (foto). entre Santa Apolónia e o Camões, «em defesa do direito ao trabalho e do trabalho com direitos». Uma manifestação onde exigiram o fim dos roubos aos trabalhadores e reformados e exigiram uma política de defesa e valorização da  EMEF e do Aparelho Produtivo Nacional. O PCP, reflectindo as justas reivindicações dos trabalhadores, apresentou esta semana um requerimento ao Governo onde aborda as questões concretas sobre a necessidade e possibilidade de uma política radicalmente diferente para a EMEF.

Ler Requerimento em PDF

Fusão da Refer e da EP seria mais um crime, que só a luta poderá travar!

refer2014mar27A Célula dos Ferroviários tomou hoje posição sobre o projecto do Governo de fundir a EP e a REFER, uma operação que qualifica de criminosa pelas consequências para a segurança ferroviária e para a economia nacional. Um projecto que têm que ser travado, e cujos objectivos reais - despedimentos, novas concessões de sectores estratégicos, destruição da soberania nacional - são os dos grandes grupos económicos que comandam o Governo e enriquecem deixando atrás de si um rasto de destruição.

Ler Comunicado em PDF 

13 Março - Uma grande jornada de luta na CP, CP Carga e REFER!

ferrOs ferroviários prosseguiram hoje a sua luta com uma greve de 24 horas na CP, CP Carga e Refer. Na CP Carga a greve levou à paralização quase total da circulação. Na CP e REFER as Administrações, mesmo usando e abusando de serviços mínimos ilegais e distribuindo largas centenas de intimações ilegais, apenas conseguiu disfarçar a forte adesão registada à luta com largas centenas de ferroviários em greve. A Célula do PCP saúda todos os que hoje estiveram em luta, e apela ao reforça da unidade e da luta para derrotar a actual ofensiva contra os ferroviários e contra a ferrovia nacional.

Plenário Nacional da EMEF: em defesa do aparelho produtivo nacional

mini-SAM 0174Os trabalhadores da EMEF realizaram dia 11 de Março uma enorme jornada de luta no Entroncamento, num dia marcado por uma greve de 4 horas e um plenário nacional que reuniu trabalhadores de todas as oficinas e locais de trabalho da EMEF (Lisboa, Amadora, Barreiro, Porto, Entroncamento). A reivindicação fundamental destes ferroviários centra-se na defesa do aparelho produtivo nacional e contra os roubos nos salários que estão a sofrer).