Mais um sector estratégico em risco na Ferrovia: a Unidade de Inovação e Desenvolvimento da EMEF

quadradoemefuidQuando em 2012 o Governo alienou a Unidade de Investigação e Desenvolvimento da EMEF, vendendo-a em 65% à multinacional NOMAD Digital, o PCP alertou para os perigos que essa venda comportava para a CP, para a EMEF e para a soberania nacional. Face às notícias da venda da própria NOMAD Digital, e dos perigos de encerramento dos projectos em desenvolvimento em Portugal, o PCP questionou o Governo sobre as medidas que pretende tomar para defender a soberania e o aparelho produtivo nacional.

Ler Requerimento em PDF