PCP pela revitalização da Divisão de Saúde, Higiene e Segurança da CM Lisboa

O PCP apresentou uma proposta na CM Lisboa, que irá ser votada no próximo dia 9, com um conjunto de medidas para dignificar e revitalizar a Divisão de Saúde Higiene e Segurança (DSHS), cuja actividade se reveste de extrema importância para os trabalhadores da CML;

Continuar...

CM Lisboa: Epul no Centro de Nova Crise Municipal

A Câmara Municipal de Lisboa rejeitou as propostas de aprovação dos relatórios e contas 2006 e 2007 da EPUL (com os votos contra do PCP e dos Cidadãos por Lisboa e a abstenção das restantes forças políticas) e ainda a ratificação do Plano de Actividades 2007 desta empresa (apenas com os votos contra do PCP e a abstenção de todas as outras forças políticas). Não foi apresentado nem votado nenhum Plano de Actividades e Orçamento 2008 para a empresa. É, no mínimo, lamentável que, 10 meses passados sobre a sua tomada de posse, os actuais membros do executivo PS/BE venham, só agora, propor à Câmara Municipal a regularização administrativa do Relatório e Contas relativos a 2006 e do Plano de Actividades relativo a 2007. É ainda lamentável que só em Junho de 2008 proponham a discussão do Relatório e Contas 2007 (aprovado em Conselho de Administração da EPUL em 8 de Abril de 2008) e que o façam sem avançar qualquer perspectiva de futuro sobre a empresa.

Continuar...

CML reincide na privatização do espaço público

Jardim_da_estrelaOs Vereadores do PCP na CML pronunciaram-se firmemente contra o aluguer da praça das Flores à Skoda. O Jardim da Estrela é o próximo alvo.
Foi aprovado na CML, com os votos contra do PCP, um protocolo com o Modelo Continente, cedendo o espaço para publicidade e a realização de eventos durante três anos em exclusividade.
A CDU de Lisboa manifesta-se frontalmente contra este modelo de gestão dos espaços verdes e dos espaços públicos da Cidade.

Continuar...

PCP apresenta duas proposta sobre a EPUL na CML

Foram ontem enviadas para a Presidência da CML duas propostas dos Vereadores do PCP, com vista ao agendamento para a sessão da CML do próximo dia 9 de Abril.

Ambas versam situações que se verificam na EPUL e cuja regularização é fundamental para os munícipes de Lisboa.


Continuar...