PCP pede esclarecimentos à CML sobre pessoal não docente nas escolas de Lisboa

Paços  do ConcelhoPCP pede esclarecimentos à CML sobre pessoal não docente nas escolas de Lisboa. É necessário o reforço imediato de todos os auxiliares de acção educativa e assistentes administrativos necessários ao funcionamento da Escola Pública

Em 30 de Outubro de 2019, a Câmara Municipal de Lisboa, por proposta do PCP, aprovou uma moção ”Pelo reforço imediato de todos os auxiliares de ação educativa e assistentes administrativos necessários ao regular funcionamento da Escola Pública”, reconhecendo dessa forma que, já no ano letivo 2019/2020, era necessário proceder ao reforço geral dos trabalhadores na Escola Pública, de modo a garantir que existissem trabalhadores em número suficiente para responder às especificidades de carácter regular e transitório de cada escola.

Continuar...

Lusitano Clube, Colectividade centenária em risco de fechar

 
Edificio CMLO Lusitano Clube é uma Colectividade de Cultura e Recreio centenária, fundada em 1905, que sofreu uma acção de despejo em 2017.
 
Nessa data, a CML cedeu a título de aluguer as instalações num edifício municipal localizado na Rua das Escolas Gerais no qual a colectividade desenvolveu as suas actividades com as dificuldades conhecidas.
 
Para o efeito, o Clube procedeu a um conjunto de

Continuar...

Encerramento do Lar na Mansão de Santa Maria de Marvila, Vereadores do PCP questionam a CML sobre esta grave situação


Edificio CMLOs vereadores do PCP questionaram hoje a CML sobre a situação de encerramento do Lar na Mansão de Santa Maria de Marvila, sob gestão da Fundação Dom Pedro IV, e que garantia o acompanhamento de 160 utentes, com diferentes graus de dependência. Segundo as notícias veiculadas este lar garantia o emprego a 79 trabalhadores que ficam agora sem saber qual o seu futuro e o encerramento relaciona-se com problemas de financiamento por parte do Instituto de Segurança Social.

Continuar...

BE mentiu! Proposta de gratuitidade das refeições escolares para alunos de escalão A e B do 2/3 ciclo e secundário, ainda não foi votada!

 

Refeições escolares

De acordo com a informação divulgada na comunicação social, que citava uma nota de imprensa do gabinete do Vereador Manuel Grilo, a proposta aprovada em reunião de câmara que se realizou no passado dia 9 de Julho, ao contrário do que é afirmado, não prevê alargar a gratuitidade das refeições a todos os alunos dos escalões A e B do 2º, 3º ciclos e secundário.


A proposta destina-se apenas ao lançamento

Continuar...